Daiane Eccel & Outros (Orgs.) – Sobre O Aluno

Sobre O Aluno reúne textos filosóficos sobre a educação e acerca da forma como o aluno é pensado a partir de diferentes perspectivas.

Daiane Eccel, Diogo Norberto Mesti & Rosana Moura (Orgs.) – Sobre O Aluno: Reflexões Filosófico-Educacionais

Onde deve estar a filosofia?

A filosofia deve estar organizando, reunindo, pensando a educação e, mais precisamente, repensando a figura do aluno por uma perspectiva ampla, plural e dialógica. Com isso, é possível resgatar as condições mínimas do exercício da aprendizagem, do ensino, da educação e da formação, pois essas condições são dadas a partir do desejo e também do prazer em aprender que é por definição a característica mais marcante da própria faceta educativa da filosofia.

Sobre O Aluno: Reflexões Filosófico-Educacionais reúne textos filosóficos sobre a educação e, em especial, acerca da forma como o aluno é pensado a partir de diferentes perspectivas ao longo da história, revela-nos a importância da filosofia em tempos atuais. Importância que nunca deixa de existir, mas que precisa ser repetidamente renovada, reforçada e reconstruída.

Trata-se de uma afinação filosófica ao campo da educação, com a especificidade de sua pesquisa educacional e de seu ensino, considerando a formação humana e a figura do aluno.

Afinação esta assumida pela Área de Filosofia da Educação no tratamento conceitual dos fundamentos e dos desdobramentos da formação humana, mediante o potencial de abertura que a pergunta pelo modo de ser da própria educação interpõe ao agir dela mesma enquanto se volta ao aluno. Assim, para quê educar? Como educar? Por que deste modo e não de outro?

A educação perfaz seus caminhos nos meios de nossas tradições reafirmadas ou esquecidas, sendo indissociável também das condições de possibilidade dos espíritos em formação em cada tempo.

Sob este foco, a filosofia é por definição um dos exercícios mais significativos para o desenvolvimento dos prazeres atemporais conectados à aprendizagem e, portanto, seu estudo e discussão afiguram-se centrais em qualquer curso que se dedique à formação humana, em sentido amplo, e às relações entre mestres e alunos, em sentido específico.

É possível rastrear fundamentos e raízes filosóficas em grande parte das disciplinas hoje conhecidas, humanas, científicas ou tecnológicas. Encontraremos expressões disso nos textos reunidos aqui.

Clique para
Baixar o PDF

Deixe uma resposta

Daiane Eccel & Outros (Orgs.) – Sobre O Aluno

Sobre O Aluno reúne textos filosóficos sobre a educação e acerca da forma como o aluno é pensado a partir de diferentes perspectivas.

Daiane Eccel, Diogo Norberto Mesti & Rosana Moura (Orgs.) - Sobre O Aluno: Reflexões Filosófico-Educacionais

Onde deve estar a filosofia?

A filosofia deve estar organizando, reunindo, pensando a educação e, mais precisamente, repensando a figura do aluno por uma perspectiva ampla, plural e dialógica. Com isso, é possível resgatar as condições mínimas do exercício da aprendizagem, do ensino, da educação e da formação, pois essas condições são dadas a partir do desejo e também do prazer em aprender que é por definição a característica mais marcante da própria faceta educativa da filosofia.

Sobre O Aluno: Reflexões Filosófico-Educacionais reúne textos filosóficos sobre a educação e, em especial, acerca da forma como o aluno é pensado a partir de diferentes perspectivas ao longo da história, revela-nos a importância da filosofia em tempos atuais. Importância que nunca deixa de existir, mas que precisa ser repetidamente renovada, reforçada e reconstruída.

Trata-se de uma afinação filosófica ao campo da educação, com a especificidade de sua pesquisa educacional e de seu ensino, considerando a formação humana e a figura do aluno.

Afinação esta assumida pela Área de Filosofia da Educação no tratamento conceitual dos fundamentos e dos desdobramentos da formação humana, mediante o potencial de abertura que a pergunta pelo modo de ser da própria educação interpõe ao agir dela mesma enquanto se volta ao aluno. Assim, para quê educar? Como educar? Por que deste modo e não de outro?

A educação perfaz seus caminhos nos meios de nossas tradições reafirmadas ou esquecidas, sendo indissociável também das condições de possibilidade dos espíritos em formação em cada tempo.

Sob este foco, a filosofia é por definição um dos exercícios mais significativos para o desenvolvimento dos prazeres atemporais conectados à aprendizagem e, portanto, seu estudo e discussão afiguram-se centrais em qualquer curso que se dedique à formação humana, em sentido amplo, e às relações entre mestres e alunos, em sentido específico.

É possível rastrear fundamentos e raízes filosóficas em grande parte das disciplinas hoje conhecidas, humanas, científicas ou tecnológicas. Encontraremos expressões disso nos textos reunidos aqui.

Clique para
Baixar o PDF

Deixe uma resposta


Desenvolvido pela Quanta Comunicação