Julia Cristina De L. Costa & Pedro Farias Francelino (Orgs.) – Linguagem, Discurso E Religião

A variedade de trabalhos nessa coleção revela a natureza multifacetada e complexa da relação entre linguagem, discurso e religião.

Julia Cristina De L. Costa & Pedro Farias Francelino (Orgs.) – Linguagem, Discurso E Religião: Diálogos E Interfaces

O presente trabalho se insere em uma conjuntura importante na academia brasileira, a saber, o da interface entre linguagem e religião. Os estudos ligados ao discurso e à linguagem literária estão já bem consolidados no Brasil, com uma rica produção desenvolvida ao longo de várias décadas.

Os estudos de religião também têm encontrado espaço em nosso país, e embora em comparação ao campo da linguagem estes estudos ainda representem uma parcela consideravelmente menor da produção acadêmica nacional, a área está em franca expansão quantitativa e qualitativa.

O recente reconhecimento da área autônoma de Ciências da Religião e Teologia junto aos órgãos públicos é um evidente sinal da consolidação da área.

Nesse sentido, vale notar que o diálogo entre os estudos de linguagem e religião tem sido uma parte rica e constante no campo nacional das Ciências da Religião e agora tem sido cada vez mais valorizada no contexto dos estudos de linguagem.

Este quadro evidencia a evidente conexão entre as duas áreas. É impossível se deter sobre o fenômeno da religião sem ser eventualmente confrontado com o problema da linguagem.

Quer vejamos a religião como sistema simbólico, ou religião e linguagem como campos independentes, mas mutuamente implicados na experiência humana, cedo ou tarde, o olhar atento está fadado a detectar elos que podem gerar uma rica gama de questões para a pesquisa e reflexão.

Linguagem, Discurso E Religião oferece uma amostra da variedade de problemas, métodos e abordagens que surgem no espaço limítrofe entre religião e linguagem. Conceitos gerais como “o sagrado”, “teologia”, “religião”, “ideologia”, e “sentido”, dentre outros, são problematizados e repensados.

Trabalhos sobre fenômenos específicos também encontram espaço na coletânea, e são tão variados quanto a amplitude do fenômeno permite: do estudo das tradições de leitura e transmissão do texto bíblico, à sua representação nas artes visuais, à tatuagem como linguagem religiosa, à investigação das armadilhas do discurso em situações específicas da realidade religiosa, social, midiática e política no Brasil contemporâneo.

A variedade de trabalhos nessa coleção revela a natureza multifacetada e complexa da relação entre linguagem, discurso e religião. Em comum, todos apresentam a convicção da importância de se debruçar sobre essa relação com profundidade e rigor. O volume evidencia a importância do trabalho do GPLEI/UFPB e nos convida a continuar a expandir esta inesgotável área de estudos.

Clique para
Baixar o PDF

Deixe uma resposta

Julia Cristina De L. Costa & Pedro Farias Francelino (Orgs.) – Linguagem, Discurso E Religião

A variedade de trabalhos nessa coleção revela a natureza multifacetada e complexa da relação entre linguagem, discurso e religião.

Julia Cristina De L. Costa & Pedro Farias Francelino (Orgs.) - Linguagem, Discurso E Religião: Diálogos E Interfaces

O presente trabalho se insere em uma conjuntura importante na academia brasileira, a saber, o da interface entre linguagem e religião. Os estudos ligados ao discurso e à linguagem literária estão já bem consolidados no Brasil, com uma rica produção desenvolvida ao longo de várias décadas.

Os estudos de religião também têm encontrado espaço em nosso país, e embora em comparação ao campo da linguagem estes estudos ainda representem uma parcela consideravelmente menor da produção acadêmica nacional, a área está em franca expansão quantitativa e qualitativa.

O recente reconhecimento da área autônoma de Ciências da Religião e Teologia junto aos órgãos públicos é um evidente sinal da consolidação da área.

Nesse sentido, vale notar que o diálogo entre os estudos de linguagem e religião tem sido uma parte rica e constante no campo nacional das Ciências da Religião e agora tem sido cada vez mais valorizada no contexto dos estudos de linguagem.

Este quadro evidencia a evidente conexão entre as duas áreas. É impossível se deter sobre o fenômeno da religião sem ser eventualmente confrontado com o problema da linguagem.

Quer vejamos a religião como sistema simbólico, ou religião e linguagem como campos independentes, mas mutuamente implicados na experiência humana, cedo ou tarde, o olhar atento está fadado a detectar elos que podem gerar uma rica gama de questões para a pesquisa e reflexão.

Linguagem, Discurso E Religião oferece uma amostra da variedade de problemas, métodos e abordagens que surgem no espaço limítrofe entre religião e linguagem. Conceitos gerais como “o sagrado”, “teologia”, “religião”, “ideologia”, e “sentido”, dentre outros, são problematizados e repensados.

Trabalhos sobre fenômenos específicos também encontram espaço na coletânea, e são tão variados quanto a amplitude do fenômeno permite: do estudo das tradições de leitura e transmissão do texto bíblico, à sua representação nas artes visuais, à tatuagem como linguagem religiosa, à investigação das armadilhas do discurso em situações específicas da realidade religiosa, social, midiática e política no Brasil contemporâneo.

A variedade de trabalhos nessa coleção revela a natureza multifacetada e complexa da relação entre linguagem, discurso e religião. Em comum, todos apresentam a convicção da importância de se debruçar sobre essa relação com profundidade e rigor. O volume evidencia a importância do trabalho do GPLEI/UFPB e nos convida a continuar a expandir esta inesgotável área de estudos.

Clique para
Baixar o PDF

Deixe uma resposta


Desenvolvido pela Quanta Comunicação