Rosana Aparecida Albuquerque Bonadio & Nerli Nonato Ribeiro Mori – Transtorno De Déficit De Atenção/Hiperatividade: Diagnóstico E Prática Pedagógica

Na atualidade são frequentes as queixas relacionadas a problemas de atenção na escola. Um número cada vez maior de crianças recebe o diagnóstico de Transtorno de Déficit de Atenção (TDAH) e a indicação para uso de medicamento, especialmente de cloridrato de metilfenidato, comercializado no Brasil como Ritalina (Laboratório Novartis) e Concerta (Laboratório Janssen-Cilag).
Nos estudos sobre problemas de atenção predominam aqueles para os quais o TDAH é visto como um transtorno orgânico, de ordem neurológica, que compromete a aprendizagem e prejudica o desempenho escolar. Toma força, no entanto, um movimento de denúncia e enfrentamento ao que um grupo de profissionais e pesquisadores entende como medicalização da vida das crianças e dos processos educativos.
Esse cenário indica a necessidade de aprofundamento da reflexão sobre o desenvolvimento humano e as práticas desenvolvidas no contexto escolar. No intuito de contribuir para o debate esse livro apresenta uma pesquisa pautada na seguinte problemática: Como os problemas de atenção se manifestam no contexto escolar e quais as implicações do diagnóstico de TDAH na prática pedagógica?


Deixe uma resposta

Rosana Aparecida Albuquerque Bonadio & Nerli Nonato Ribeiro Mori – Transtorno De Déficit De Atenção/Hiperatividade: Diagnóstico E Prática Pedagógica

Na atualidade são frequentes as queixas relacionadas a problemas de atenção na escola. Um número cada vez maior de crianças recebe o diagnóstico de Transtorno de Déficit de Atenção (TDAH) e a indicação para uso de medicamento, especialmente de cloridrato de metilfenidato, comercializado no Brasil como Ritalina (Laboratório Novartis) e Concerta (Laboratório Janssen-Cilag).
Nos estudos sobre problemas de atenção predominam aqueles para os quais o TDAH é visto como um transtorno orgânico, de ordem neurológica, que compromete a aprendizagem e prejudica o desempenho escolar. Toma força, no entanto, um movimento de denúncia e enfrentamento ao que um grupo de profissionais e pesquisadores entende como medicalização da vida das crianças e dos processos educativos.
Esse cenário indica a necessidade de aprofundamento da reflexão sobre o desenvolvimento humano e as práticas desenvolvidas no contexto escolar. No intuito de contribuir para o debate esse livro apresenta uma pesquisa pautada na seguinte problemática: Como os problemas de atenção se manifestam no contexto escolar e quais as implicações do diagnóstico de TDAH na prática pedagógica?


Deixe uma resposta


Desenvolvido pela Quanta Comunicação