Roselusia Teresa De Morais Oliveira (Org.) – Leituras E Infâncias

Leituras E infâncias traz estudos para pensar, inventar métodos de recolher, coletar, reunir, organizar e analisar dados de pesquisa.

Roselusia Teresa De Morais Oliveira (Org.) – Leituras E Infâncias: Experimentações Sensíveis

Mobilizadas pela condição de criança como “estrangeira”, e, portanto, aquela que cria e recria a partir do seu contexto, Leituras E Infâncias: Experimentações Sensíveis é inspirada pelo desejo de reunir pesquisas que priorizam experimentações, dados e problematizações sobre os usos e modos de ler e sobre a infância.

Sob esse “chão”, pesquisadoras de quatro diferentes regiões do Brasil integram as páginas deste livro e produzem uma potente interlocução ao refletir sobre práticas de leituras e infância.

Os fundamentos teórico-metodológicos dos diversos trabalhos constituem um conjunto multidisciplinar de conceitos do campo da Educação, História, Sociologia, Psicologia, Literatura, Filosofia, Cinema e Teatro que orientam as respectivas análises desses estudos.

Revelam processos de construção, percursos de aprendizagens, incursões, vivências, ensaios, mapeamentos, reflexões e interfaces que se encontram ao problematizar: “o que aprendemos com a infância?” e, ao mesmo tempo, sinalizam um espaço de compartilhamento de experiências leitoras.

Inspirada na poética de Clarice Lispector, em “O ato gratuito”, a produção desta escrita mobiliza atos de liberdade e atos do sensível que movimentam os nossos sentidos. A tessitura do livro foi delineada em atos, constituída por um ensaio, sete artigos e um relato de experiência.

O ato de reunir trabalhos nesta obra é um ato de resistência em meio a um cenário complexo, representa a nossa “luta pela vida e na vida”, é fruto dos estudos realizados nos últimos anos e concretiza a divulgação dos nossos trabalhos docentes.

Além disso, também indica o nosso pertencimento na sociedade, sinaliza lutas por mais acessibilidade do livro, por espaços educacionais formais institucionalizados com qualidade e representa nossos sentimentos de fortalecimento ao integrar dezesseis professoras e pesquisadoras em rede.

Os pertinentes trabalhos da obra Leituras E Infâncias: Experimentações Sensíveis compõem estudos inspiradores para pensar, inventar métodos de recolher, coletar, reunir, organizar e analisar dados de pesquisa.

Em “calçadas da nossa infância”, em um chão “coberto de bolinhas de aroeira”, busca-se sentir um “misterioso gosto bom” de ver e rever, refletir e experimentar outras formas de transitar (des)caminhos conceituais-metodológicos para além das generalizações, ordens, determinações e preceitos.

Clique para
Baixar o PDF

Deixe uma resposta

Roselusia Teresa De Morais Oliveira (Org.) – Leituras E Infâncias

Leituras E infâncias traz estudos para pensar, inventar métodos de recolher, coletar, reunir, organizar e analisar dados de pesquisa.

Roselusia Teresa De Morais Oliveira (Org.) - Leituras E Infâncias: Experimentações Sensíveis

Mobilizadas pela condição de criança como “estrangeira”, e, portanto, aquela que cria e recria a partir do seu contexto, Leituras E Infâncias: Experimentações Sensíveis é inspirada pelo desejo de reunir pesquisas que priorizam experimentações, dados e problematizações sobre os usos e modos de ler e sobre a infância.

Sob esse “chão”, pesquisadoras de quatro diferentes regiões do Brasil integram as páginas deste livro e produzem uma potente interlocução ao refletir sobre práticas de leituras e infância.

Os fundamentos teórico-metodológicos dos diversos trabalhos constituem um conjunto multidisciplinar de conceitos do campo da Educação, História, Sociologia, Psicologia, Literatura, Filosofia, Cinema e Teatro que orientam as respectivas análises desses estudos.

Revelam processos de construção, percursos de aprendizagens, incursões, vivências, ensaios, mapeamentos, reflexões e interfaces que se encontram ao problematizar: “o que aprendemos com a infância?” e, ao mesmo tempo, sinalizam um espaço de compartilhamento de experiências leitoras.

Inspirada na poética de Clarice Lispector, em “O ato gratuito”, a produção desta escrita mobiliza atos de liberdade e atos do sensível que movimentam os nossos sentidos. A tessitura do livro foi delineada em atos, constituída por um ensaio, sete artigos e um relato de experiência.

O ato de reunir trabalhos nesta obra é um ato de resistência em meio a um cenário complexo, representa a nossa “luta pela vida e na vida”, é fruto dos estudos realizados nos últimos anos e concretiza a divulgação dos nossos trabalhos docentes.

Além disso, também indica o nosso pertencimento na sociedade, sinaliza lutas por mais acessibilidade do livro, por espaços educacionais formais institucionalizados com qualidade e representa nossos sentimentos de fortalecimento ao integrar dezesseis professoras e pesquisadoras em rede.

Os pertinentes trabalhos da obra Leituras E Infâncias: Experimentações Sensíveis compõem estudos inspiradores para pensar, inventar métodos de recolher, coletar, reunir, organizar e analisar dados de pesquisa.

Em “calçadas da nossa infância”, em um chão “coberto de bolinhas de aroeira”, busca-se sentir um “misterioso gosto bom” de ver e rever, refletir e experimentar outras formas de transitar (des)caminhos conceituais-metodológicos para além das generalizações, ordens, determinações e preceitos.

Clique para
Baixar o PDF

Deixe uma resposta


Desenvolvido pela Quanta Comunicação