Robison Tramontina & Outras (Orgs.) – 50 Anos De “Uma Teoria Da Justiça” De John Rawls

Os textos destacam os alcances e limites da Teoria da Justiça de John Rawls em alguns aspectos e a partir de determinados pontos de vista.

Robison Tramontina, Irenice Tressoldi & Izabelle Epifânio (Orgs.) – 50 Anos De “Uma Teoria Da Justiça” De John Rawls: Temas, Problemas E Interlocuções

Em 2021, comemora-se os cinquenta anos de “Uma Teoria da Justiça” de John Rawls. A obra, publicada em 1971, é um divisor de águas na Filosofia Política contemporânea. Ela é referencial por, entre outras razões, conectar novamente a Filosofia com as grandes perguntas sobre a justiça, renovar a linguagem filosófica sobre a política com a introdução de noções como “véu da ignorância” e “posição original” e por combinar nos princípios da justiça as ideias de liberdade e igualdade.

E para comemorar o quinquagésimo aniversário dessa importante e inovadora obra, o Grupo de Estudos e Pesquisa (GEP) de Teorias dos Direitos Fundamentais e da Justiça (TDFJ) do Programa de Pós-Graduação em Direito (PPGD) da Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc) e o Programa de Pós-Graduação em Filosofia (Ppgfil) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), promoveram, nos dias 08 e 09 de julho de 2021, o I Congresso Nacional sobre Teorias da Justiça: 50 anos de “Uma Teoria da Justiça” de John Rawls.

O Evento contou com a presença de importantes pesquisadores/pesquisadoras da teoria rawlsiana, entre eles/elas: Charles Feldhaus (UEL/PR), Delamar Volpato Dutra (UFSC), Denilson Werle (UFSC), Denis Coitinho Silveira (Unisinos/RS), Evandro Barbosa (UFPel/RS), Luiz Bernardo Leite Araújo (UERJ), Thadeu Weber (PUC/RS) e Thaís Cristina Alves Costa (UFPel/RS).

O principal objetivo do foi apresentar, analisar e discutir as teses centrais expostas por John Rawls e destacar, perscrutar e debater as críticas levantadas à “Justiça como equidade”.

O e-book que o leitor tem em mãos é constituído por resumos selecionados pela Comissão Organizadora do evento, convertidos em artigos, apresentados nos dois Grupos de Trabalhos que compunham a programação do Congresso.

Os textos destacam os alcances e limites da Teoria da Justiça de John Rawls em alguns aspectos e a partir de determinados pontos de vista. Nesse sentido, a impossibilidade de abarcar toda a complexidade da teoria e as opções metodológicas que foram impostas pelo tempo e o espaço, contornos e delineamentos necessários a um e-book, instigam e estimulam a realização de outras investigações.


Deixe uma resposta

Robison Tramontina & Outras (Orgs.) – 50 Anos De “Uma Teoria Da Justiça” De John Rawls

Os textos destacam os alcances e limites da Teoria da Justiça de John Rawls em alguns aspectos e a partir de determinados pontos de vista.

Robison Tramontina, Irenice Tressoldi & Izabelle Epifânio (Orgs.) - 50 Anos De “Uma Teoria Da Justiça” De John Rawls: Temas, Problemas E Interlocuções

Em 2021, comemora-se os cinquenta anos de “Uma Teoria da Justiça” de John Rawls. A obra, publicada em 1971, é um divisor de águas na Filosofia Política contemporânea. Ela é referencial por, entre outras razões, conectar novamente a Filosofia com as grandes perguntas sobre a justiça, renovar a linguagem filosófica sobre a política com a introdução de noções como “véu da ignorância” e “posição original” e por combinar nos princípios da justiça as ideias de liberdade e igualdade.

E para comemorar o quinquagésimo aniversário dessa importante e inovadora obra, o Grupo de Estudos e Pesquisa (GEP) de Teorias dos Direitos Fundamentais e da Justiça (TDFJ) do Programa de Pós-Graduação em Direito (PPGD) da Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc) e o Programa de Pós-Graduação em Filosofia (Ppgfil) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), promoveram, nos dias 08 e 09 de julho de 2021, o I Congresso Nacional sobre Teorias da Justiça: 50 anos de “Uma Teoria da Justiça” de John Rawls.

O Evento contou com a presença de importantes pesquisadores/pesquisadoras da teoria rawlsiana, entre eles/elas: Charles Feldhaus (UEL/PR), Delamar Volpato Dutra (UFSC), Denilson Werle (UFSC), Denis Coitinho Silveira (Unisinos/RS), Evandro Barbosa (UFPel/RS), Luiz Bernardo Leite Araújo (UERJ), Thadeu Weber (PUC/RS) e Thaís Cristina Alves Costa (UFPel/RS).

O principal objetivo do foi apresentar, analisar e discutir as teses centrais expostas por John Rawls e destacar, perscrutar e debater as críticas levantadas à “Justiça como equidade”.

O e-book que o leitor tem em mãos é constituído por resumos selecionados pela Comissão Organizadora do evento, convertidos em artigos, apresentados nos dois Grupos de Trabalhos que compunham a programação do Congresso.

Os textos destacam os alcances e limites da Teoria da Justiça de John Rawls em alguns aspectos e a partir de determinados pontos de vista. Nesse sentido, a impossibilidade de abarcar toda a complexidade da teoria e as opções metodológicas que foram impostas pelo tempo e o espaço, contornos e delineamentos necessários a um e-book, instigam e estimulam a realização de outras investigações.


Deixe uma resposta


Desenvolvido pela Quanta Comunicação