Phillipe Augusto Ferreira Rodrigues & Outras – Sistematização De Experiências De Trabalho Com Grupos Nos Centros De Referência Em Obesidade/RJ

Produzido por profissionais dos Centros de Referência em Obesidade este livro oferece um olhar interdisciplinar sobre a questão da obesidade.

Phillipe Augusto Ferreira Rodrigues, Luciana Da Silva Rodriguez, Caroline Niquini De Assis, Raquel De Lima Soeiro, Jorginete De Jesus Damião & Juliana Pereira Casemiro – Sistematização De Experiências De Trabalho Com Grupos Nos Centros De Referência Em Obesidade/RJ

Desenvolver estratégias de cuidado aos sujeitos com excesso de peso representa um grande desafio para profissionais de saúde em diversas partes do mundo. Abordagens das mais diversas têm sido apresentadas para lidar com esse tema, que é considerado um problema de saúde pública em nível global.

Nesse cenário, consideramos a publicação de Sistematização De Experiências De Trabalho Com Grupos Nos Centros De Referência Em Obesidade uma grande contribuição para a construção de práticas de cuidado mais humanizadas, contextualizadas e usuário-centradas.

Nas páginas seguintes, você encontrará uma descrição detalhada, sensível e crítica de equipes multiprofissionais extremamente comprometidas com a construção de alternativas que colocaram os sujeitos e suas necessidades no centro do debate terapêutico.

São reflexões de profissionais que ousaram ultrapassar os limites biomédicos do conhecer e tratar a obesidade para, então, chegar a um lugar de escuta qualificada dos sofrimentos de quem convive com o peso dos estigmas e limitações da obesidade. Com grande criatividade e coragem, essa escuta chegou a lugares inusitados que permitiram reconhecer e registrar que existe alegria, prazer e vida nos corpos obesos.

O aprendizado com as experiências já empreendidas tem demonstrado que precisamos apostar no cuidado integrado, a partir do trabalho interprofissional, e em abordagens educativas mais dialógicas que considerem a subjetividade das pessoas, superando, portanto, as práticas mais comuns nos serviços de saúde, normativas e impessoais.

Compreendemos que esta publicação soma esforços com outras recentes, como o Marco de referência de educação alimentar e nutricional para as políticas públicas, o Guia alimentar para população brasileira e o Instrutivo: metodologias de trabalho em grupos para ações de alimentação e nutrição na atenção básica.

Além disso, ressaltamos que esta Sistematização agrega o olhar interdisciplinar para o tema, ampliando as possibilidades de abordagens de educação e promoção da saúde relacionadas ao excesso de peso.

Assim, é com a certeza de que a nossa criatividade e afeto são capazes de gerar práticas inovadoras e produtoras de saúde que apresentamos este material, que foi produzido no serviço de saúde pelos profissionais da área para inspirar e animar o cuidado no quotidiano de outros diversos serviços.


Deixe uma resposta

Phillipe Augusto Ferreira Rodrigues & Outras – Sistematização De Experiências De Trabalho Com Grupos Nos Centros De Referência Em Obesidade/RJ

Produzido por profissionais dos Centros de Referência em Obesidade este livro oferece um olhar interdisciplinar sobre a questão da obesidade.

Phillipe Augusto Ferreira Rodrigues, Luciana Da Silva Rodriguez, Caroline Niquini De Assis, Raquel De Lima Soeiro, Jorginete De Jesus Damião & Juliana Pereira Casemiro - Sistematização De Experiências De Trabalho Com Grupos Nos Centros De Referência Em Obesidade/RJ

Desenvolver estratégias de cuidado aos sujeitos com excesso de peso representa um grande desafio para profissionais de saúde em diversas partes do mundo. Abordagens das mais diversas têm sido apresentadas para lidar com esse tema, que é considerado um problema de saúde pública em nível global.

Nesse cenário, consideramos a publicação de Sistematização De Experiências De Trabalho Com Grupos Nos Centros De Referência Em Obesidade uma grande contribuição para a construção de práticas de cuidado mais humanizadas, contextualizadas e usuário-centradas.

Nas páginas seguintes, você encontrará uma descrição detalhada, sensível e crítica de equipes multiprofissionais extremamente comprometidas com a construção de alternativas que colocaram os sujeitos e suas necessidades no centro do debate terapêutico.

São reflexões de profissionais que ousaram ultrapassar os limites biomédicos do conhecer e tratar a obesidade para, então, chegar a um lugar de escuta qualificada dos sofrimentos de quem convive com o peso dos estigmas e limitações da obesidade. Com grande criatividade e coragem, essa escuta chegou a lugares inusitados que permitiram reconhecer e registrar que existe alegria, prazer e vida nos corpos obesos.

O aprendizado com as experiências já empreendidas tem demonstrado que precisamos apostar no cuidado integrado, a partir do trabalho interprofissional, e em abordagens educativas mais dialógicas que considerem a subjetividade das pessoas, superando, portanto, as práticas mais comuns nos serviços de saúde, normativas e impessoais.

Compreendemos que esta publicação soma esforços com outras recentes, como o Marco de referência de educação alimentar e nutricional para as políticas públicas, o Guia alimentar para população brasileira e o Instrutivo: metodologias de trabalho em grupos para ações de alimentação e nutrição na atenção básica.

Além disso, ressaltamos que esta Sistematização agrega o olhar interdisciplinar para o tema, ampliando as possibilidades de abordagens de educação e promoção da saúde relacionadas ao excesso de peso.

Assim, é com a certeza de que a nossa criatividade e afeto são capazes de gerar práticas inovadoras e produtoras de saúde que apresentamos este material, que foi produzido no serviço de saúde pelos profissionais da área para inspirar e animar o cuidado no quotidiano de outros diversos serviços.


Deixe uma resposta


Desenvolvido pela Quanta Comunicação