CFEMEA: 30 Anos De Lutas Feministas

Uma coleção de artigos escritos por parceiras estratégicas do CFEMEA que nos ajudaram na construção das principais lutas políticas nos últimos 30 anos.

Em tempos brutos, a alegria de existir enquanto sujeito político de luta precisa ser celebrada. Olhar para nossa história, registrar nossa caminhada de conquistas, reconhecer os obstáculos superados e os incontornáveis é fundamental para seguir adiante.

Nessas três décadas, as lutas feministas das mulheres transformaram a realidade do nosso país. Nós mulheres criamos novas possibilidades, enfrentamos obstáculos imensos, encaramos inimigos poderosos, conquistamos outros espaços, nos movemos, ocupamos lugares inéditos.

Ao longo dessa trajetória, o CFEMEA existiu e continua existindo como elemento vivo, pulsante, elo, canal e ferramenta das lutas feministas antirracistas por um projeto radical de transformação social, de cidadania plena, por uma vida sem violência, digna, sem opressão nem discriminação.

Nossa história se funde com a história dos movimentos de mulheres. Sempre recusamos o lugar de especialistas, pois acreditamos que só a ação coletiva é capaz de imprimir a força necessária para mudar valores, ideias e conquistar direitos. Somos um coletivo de ativistas que se dedicam à construção de ações movimentistas das mulheres.

Nesse processo, fomos e somos também alimentadas, provocadas e encorajadas por centenas de outras bravas militantes feministas e antirracistas.

Com essa preocupação em mente e diante da necessidade de registrar a nossa própria história em tempos de esquecimento e apagamento de lutas e resistência é que convidamos treze ativistas feministas para tecerem em poucas linhas suas trajetórias e caminhos comuns com a história de luta do CFEMEA.

O CFEMEA surge, em 1989, num momento bastante particular da história brasileira. É fruto do processo Constituinte (1986-1988), onde a força da sociedade se fez presente, através dos mais diferentes sujeitos políticos, de luta, de movimentos sociais.

Para derrubar a ditadura militar (entre 1964-1984) muitas forças da sociedade civil organizada se mobilizaram, se organizaram, inclusive e especialmente o movimento de mulheres. Incidiram com determinação para a construção da “Constituição Cidadã”, promulgada em 1988. Tal processo foi vital para o reconhecimento dos diversos movimentos de mulheres existentes.

Links para Download

Link Quebrado?

Caso o link não esteja funcionando comente abaixo e tentaremos localizar um novo link para este livro.

Deixe seu comentário

Mais Lidos

Blog

CFEMEA: 30 Anos De Lutas Feministas

Uma coleção de artigos escritos por parceiras estratégicas do CFEMEA que nos ajudaram na construção das principais lutas políticas nos últimos 30 anos.

Em tempos brutos, a alegria de existir enquanto sujeito político de luta precisa ser celebrada. Olhar para nossa história, registrar nossa caminhada de conquistas, reconhecer os obstáculos superados e os incontornáveis é fundamental para seguir adiante.

Nessas três décadas, as lutas feministas das mulheres transformaram a realidade do nosso país. Nós mulheres criamos novas possibilidades, enfrentamos obstáculos imensos, encaramos inimigos poderosos, conquistamos outros espaços, nos movemos, ocupamos lugares inéditos.

Ao longo dessa trajetória, o CFEMEA existiu e continua existindo como elemento vivo, pulsante, elo, canal e ferramenta das lutas feministas antirracistas por um projeto radical de transformação social, de cidadania plena, por uma vida sem violência, digna, sem opressão nem discriminação.

Nossa história se funde com a história dos movimentos de mulheres. Sempre recusamos o lugar de especialistas, pois acreditamos que só a ação coletiva é capaz de imprimir a força necessária para mudar valores, ideias e conquistar direitos. Somos um coletivo de ativistas que se dedicam à construção de ações movimentistas das mulheres.

Nesse processo, fomos e somos também alimentadas, provocadas e encorajadas por centenas de outras bravas militantes feministas e antirracistas.

Com essa preocupação em mente e diante da necessidade de registrar a nossa própria história em tempos de esquecimento e apagamento de lutas e resistência é que convidamos treze ativistas feministas para tecerem em poucas linhas suas trajetórias e caminhos comuns com a história de luta do CFEMEA.

O CFEMEA surge, em 1989, num momento bastante particular da história brasileira. É fruto do processo Constituinte (1986-1988), onde a força da sociedade se fez presente, através dos mais diferentes sujeitos políticos, de luta, de movimentos sociais.

Para derrubar a ditadura militar (entre 1964-1984) muitas forças da sociedade civil organizada se mobilizaram, se organizaram, inclusive e especialmente o movimento de mulheres. Incidiram com determinação para a construção da “Constituição Cidadã”, promulgada em 1988. Tal processo foi vital para o reconhecimento dos diversos movimentos de mulheres existentes.

Link Quebrado?

Caso o link não esteja funcionando comente abaixo e tentaremos localizar um novo link para este livro.

Deixe seu comentário

Pesquisar

Mais Lidos

Blog