Maria Montessori – A Educação E A Paz

Publicada pela primeira vez em 1949, a obra A Educação E A Paz permanece atual, pois o homem ainda não aprendeu a viver em paz.

Maria Montessori – A Educação E A Paz

Publicada pela primeira vez em 1949, a obra A Educação E A Paz permanece atual, pois o homem ainda não aprendeu a viver em paz.

Maria Montessori evoca aqui uma educação que possibilite o desenvolvimento do que há de melhor em cada indivíduo, abandonando a priorização da posse material, de modo que, ao estar bem consigo mesmo, o indivíduo possa conviver melhor com os demais, respeitando as diferenças.

O homem ainda está em busca de soluções relacionadas a ideologias políticas, a ciências econômicas, mas se esqueceu de buscá-las em uma educação que valorize o indivíduo harmonizado consigo mesmo e com o universo, a solução definitiva para a construção da paz.

Em A Educação E A Paz encontram-se compiladas as conferências em que a educadora defende essa proposta educacional, que há de provocar uma grande transformação nas relações humanas, no sentido de que saibamos nos compreender e amar como irmãos.

Maria Montessori (1870-1952), psiquiatra e educadora, é natural de Chiaravalle (Itália). À frente de seu tempo em muitos aspectos, foi a primeira mulher a obter o diploma de Medicina em seu país.

Profunda observadora da criança e do jovem, voltou-se para os estudos pedagógicos e estruturou o Sistema Montessori de Educação, colocando em prática uma visão de educação apoiada em seus estudos e nos trabalhos de grandes pesquisadores da pedagogia e da psicologia.

Propõe um método educacional baseado no conhecimento científico sobre o modo de aprender do educando. Suas ideias se concretizaram por intermédio das Casas dei Bambini, que rapidamente se espalharam pelo mundo, exigindo que a doutora Montessori viajasse para vários países onde desenvolveu cursos sobre seu sistema educacional.

Além disso, participou de numerosos congressos em que defendeu a criança e uma educação com vistas a um mundo melhor. A busca da paz por meio da educação foi uma de suas bandeiras.


Deixe uma resposta

Maria Montessori – A Educação E A Paz

Publicada pela primeira vez em 1949, a obra A Educação E A Paz permanece atual, pois o homem ainda não aprendeu a viver em paz.

Maria Montessori - A Educação E A Paz

Publicada pela primeira vez em 1949, a obra A Educação E A Paz permanece atual, pois o homem ainda não aprendeu a viver em paz.

Maria Montessori evoca aqui uma educação que possibilite o desenvolvimento do que há de melhor em cada indivíduo, abandonando a priorização da posse material, de modo que, ao estar bem consigo mesmo, o indivíduo possa conviver melhor com os demais, respeitando as diferenças.

O homem ainda está em busca de soluções relacionadas a ideologias políticas, a ciências econômicas, mas se esqueceu de buscá-las em uma educação que valorize o indivíduo harmonizado consigo mesmo e com o universo, a solução definitiva para a construção da paz.

Em A Educação E A Paz encontram-se compiladas as conferências em que a educadora defende essa proposta educacional, que há de provocar uma grande transformação nas relações humanas, no sentido de que saibamos nos compreender e amar como irmãos.

Maria Montessori (1870-1952), psiquiatra e educadora, é natural de Chiaravalle (Itália). À frente de seu tempo em muitos aspectos, foi a primeira mulher a obter o diploma de Medicina em seu país.

Profunda observadora da criança e do jovem, voltou-se para os estudos pedagógicos e estruturou o Sistema Montessori de Educação, colocando em prática uma visão de educação apoiada em seus estudos e nos trabalhos de grandes pesquisadores da pedagogia e da psicologia.

Propõe um método educacional baseado no conhecimento científico sobre o modo de aprender do educando. Suas ideias se concretizaram por intermédio das Casas dei Bambini, que rapidamente se espalharam pelo mundo, exigindo que a doutora Montessori viajasse para vários países onde desenvolveu cursos sobre seu sistema educacional.

Além disso, participou de numerosos congressos em que defendeu a criança e uma educação com vistas a um mundo melhor. A busca da paz por meio da educação foi uma de suas bandeiras.


Deixe uma resposta