Maria Da Graça Soares Mascarenhas (Edit.) – Pesquisa A Serviço Da Sociedade: Programa De Pesquisas Em Políticas Públicas

Este livro apresenta todos os 397 projetos de pesquisa em políticas públicas apoiados pela FAPESP desde o lançamento do Programa até dezembro de 2010. Foram contempladas propostas nas áreas de Ciências Agrárias e Veterinárias (31 projetos), Ciências Biológicas (7), Ciências Exatas (20), Ciências Humanas e Sociais (96), Engenharias (27) e Saúde (65). Além destas, há 59 propostas, aprovadas em 1998, que são classificadas como “Interdisciplinares”, pois este era o termo utilizado para designar os projetos acolhidos pelo PPP na época de sua criação.
Receberam destaque, compondo um capítulo especial, os 92 projetos voltados para o Sistema Único de Saúde, que integram o Programa de Pesquisa para o SUS: Gestão Compartilhada em Saúde (PPSUS). Estes se distribuem do seguinte modo: Ciências Biológicas (3), Ciências Exatas (1), Ciências Humanas e Sociais (6), Engenharias (2) e Saúde (80).
Em um país como o Brasil, de formação histórica relativamente recente, e no qual uma vigorosa economia emergente coexiste com enormes desigualdades sociais, um programa como o PPP reveste-se de especial importância, possibilitando que parte da inteligência e do conhecimento acumulados nas universidades e institutos de pesquisa se volte para o atendimento das reais necessidades da população, contribuindo para a correção das distorções do presente e a construção de um futuro melhor.


Deixe uma resposta

Maria Da Graça Soares Mascarenhas (Edit.) – Pesquisa A Serviço Da Sociedade: Programa De Pesquisas Em Políticas Públicas

Este livro apresenta todos os 397 projetos de pesquisa em políticas públicas apoiados pela FAPESP desde o lançamento do Programa até dezembro de 2010. Foram contempladas propostas nas áreas de Ciências Agrárias e Veterinárias (31 projetos), Ciências Biológicas (7), Ciências Exatas (20), Ciências Humanas e Sociais (96), Engenharias (27) e Saúde (65). Além destas, há 59 propostas, aprovadas em 1998, que são classificadas como “Interdisciplinares”, pois este era o termo utilizado para designar os projetos acolhidos pelo PPP na época de sua criação.
Receberam destaque, compondo um capítulo especial, os 92 projetos voltados para o Sistema Único de Saúde, que integram o Programa de Pesquisa para o SUS: Gestão Compartilhada em Saúde (PPSUS). Estes se distribuem do seguinte modo: Ciências Biológicas (3), Ciências Exatas (1), Ciências Humanas e Sociais (6), Engenharias (2) e Saúde (80).
Em um país como o Brasil, de formação histórica relativamente recente, e no qual uma vigorosa economia emergente coexiste com enormes desigualdades sociais, um programa como o PPP reveste-se de especial importância, possibilitando que parte da inteligência e do conhecimento acumulados nas universidades e institutos de pesquisa se volte para o atendimento das reais necessidades da população, contribuindo para a correção das distorções do presente e a construção de um futuro melhor.


Deixe uma resposta


Desenvolvido pela Quanta Comunicação