Maria Analice Pereira Da Silva – (In)Discutível Sopro De Realidade Na Ficção De Leonardo Padura

(In)Discutível Sopro De Realidade Na Ficção De Leonardo Padura é um livro de ensaio crítico sobre romances do escritor cubano.

Maria Analice Pereira Da Silva – (In)Discutível Sopro De Realidade Na Ficção De Leonardo Padura

(In)Discutível Sopro De Realidade Na Ficção De Leonardo Padura é um livro de ensaio crítico sobre romances do escritor cubano, com especial atenção para O Homem Que Amava Os Cachorros. De autoria da professora Analice Pereira, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB), campus João Pessoa.

(In)Discutível Sopro De Realidade Na Ficção De Leonardo Padura é um trabalho que nos permite revisitar a obra desse autor, ou mesmo visitá-la pela primeira vez, e indagá-la como uma obra de arte. Na perspectiva estética de Hegel, poderíamos inferir que a obra de arte remete o espectador para sua própria subjetividade.

O belo se realiza na consciência reflexiva da recepção estética, indo além dos paradigmas da plástica ou do gosto, aparecendo como verdade dialética que nega a percepção ingênua da realidade. Poderíamos dizer que a arte se realiza no momento pleno que unifica o universal e o particular, como unidades indissolúveis da história.

No texto de Analice, presenciamos o encontro do autor, da obra e do leitor com a história. Ela nos permite perceber que estes três lugares de realização da obra de arte comungam o belo em sua forma mais pura e objetiva: o sentir e o pensar.

Esse encontro mágico que se dá unicamente na consciência é uma vivência subjetiva única, indizível e imperscrutável, até que o próprio sujeito que a experimentou se disponha a revelá-la, o que requer o esforço analítico. Por isso, esse trabalho de análise-interpretação é uma profunda experiência de leitura que Analice decidiu compartilhar conosco.

Além de produzir um cuidadoso trabalho acadêmico, a autora nos presenteia com um caminho para dialogar com a narrativa legada por Leonardo Padura, sem deixar de nos situar no contexto histórico e de debate político que circunda a obra.

Clique para
Baixar o PDF

Deixe uma resposta

Maria Analice Pereira Da Silva – (In)Discutível Sopro De Realidade Na Ficção De Leonardo Padura

(In)Discutível Sopro De Realidade Na Ficção De Leonardo Padura é um livro de ensaio crítico sobre romances do escritor cubano.

Maria Analice Pereira Da Silva - (In)Discutível Sopro De Realidade Na Ficção De Leonardo Padura

(In)Discutível Sopro De Realidade Na Ficção De Leonardo Padura é um livro de ensaio crítico sobre romances do escritor cubano, com especial atenção para O Homem Que Amava Os Cachorros. De autoria da professora Analice Pereira, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB), campus João Pessoa.

(In)Discutível Sopro De Realidade Na Ficção De Leonardo Padura é um trabalho que nos permite revisitar a obra desse autor, ou mesmo visitá-la pela primeira vez, e indagá-la como uma obra de arte. Na perspectiva estética de Hegel, poderíamos inferir que a obra de arte remete o espectador para sua própria subjetividade.

O belo se realiza na consciência reflexiva da recepção estética, indo além dos paradigmas da plástica ou do gosto, aparecendo como verdade dialética que nega a percepção ingênua da realidade. Poderíamos dizer que a arte se realiza no momento pleno que unifica o universal e o particular, como unidades indissolúveis da história.

No texto de Analice, presenciamos o encontro do autor, da obra e do leitor com a história. Ela nos permite perceber que estes três lugares de realização da obra de arte comungam o belo em sua forma mais pura e objetiva: o sentir e o pensar.

Esse encontro mágico que se dá unicamente na consciência é uma vivência subjetiva única, indizível e imperscrutável, até que o próprio sujeito que a experimentou se disponha a revelá-la, o que requer o esforço analítico. Por isso, esse trabalho de análise-interpretação é uma profunda experiência de leitura que Analice decidiu compartilhar conosco.

Além de produzir um cuidadoso trabalho acadêmico, a autora nos presenteia com um caminho para dialogar com a narrativa legada por Leonardo Padura, sem deixar de nos situar no contexto histórico e de debate político que circunda a obra.

Clique para
Baixar o PDF

Deixe uma resposta