Marco Antônio Praxedes De Moraes Filho – Consensos E Dissensos

Consensos E Dissensos denota a disposição do autor de levar aos leitores temas relevantes que não interessam apenas a comunidade acadêmica.

Marco Antônio Praxedes De Moraes Filho – Consensos E Dissensos: Inquietações Na Sociedade Hodierna

Marco Praxedes é um estudioso do Direito, em especial, na área do Direito Administrativo, além de professor e membro de diversas entidades literárias. Somando-se a tudo isso, é um escritor versátil.

Seu livro, Consensos E Dissensos: Inquietações Na Sociedade Hodierna, é fruto de seus escritos semanais publicados no Jornal O Estado, ao longo de décadas, mais precisamente, desde o ano de 2006, daí porque, quando passamos a lê-lo, percebemos o amadurecimento do autor, a permanente fluidez das ideias, a preocupação constante em tratar de temáticas atuais e importantes, sempre com extremo zelo e responsabilidade.

Consensos E Dissensos: Inquietações Na Sociedade Hodierna perfaz um total de 100 textos, todos relevantes, mesmo a despeito do tempo e das mudanças legislativas que se operaram nesse interregno, mostrando-nos o quão cíclica é nossa história.

Marco Praxedes tem uma escrita clara, lúcida, envolvente, sobretudo, cônscia de seu poder enquanto instrumento de mudança e de formação de opinião. E é com leveza que vamos passeando pelas páginas do livro, nos detendo em assuntos de diversas matizes, os quais se mostram pertinentes para uma melhor compreensão do mundo em que vivemos e da nossa sociedade, sempre em constante mutação.

Consensos E Dissensos: Inquietações Na Sociedade Hodierna denota a disposição do autor de levar aos seus leitores temas relevantes que não interessam apenas a comunidade acadêmica, mas também a sociedade em geral, merecendo realce, entre outros: “Unificação da delação premiada”, “Intolerância religiosa”, “Efetividade do acesso à informação em processos administrativos”, “Dispensa de licitação”, “A improbidade administrativa e o princípio da insignificância”, “A responsabilidade na prestação dos serviços públicos”, “Prova emprestada no processo disciplinar”, “Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P)” e “Controle judicial das políticas públicas”. Como se vê todos atuais e deveras importantes.


Deixe uma resposta

Marco Antônio Praxedes De Moraes Filho – Consensos E Dissensos

Consensos E Dissensos denota a disposição do autor de levar aos leitores temas relevantes que não interessam apenas a comunidade acadêmica.

Marco Antônio Praxedes De Moraes Filho - Consensos E Dissensos: Inquietações Na Sociedade Hodierna

Marco Praxedes é um estudioso do Direito, em especial, na área do Direito Administrativo, além de professor e membro de diversas entidades literárias. Somando-se a tudo isso, é um escritor versátil.

Seu livro, Consensos E Dissensos: Inquietações Na Sociedade Hodierna, é fruto de seus escritos semanais publicados no Jornal O Estado, ao longo de décadas, mais precisamente, desde o ano de 2006, daí porque, quando passamos a lê-lo, percebemos o amadurecimento do autor, a permanente fluidez das ideias, a preocupação constante em tratar de temáticas atuais e importantes, sempre com extremo zelo e responsabilidade.

Consensos E Dissensos: Inquietações Na Sociedade Hodierna perfaz um total de 100 textos, todos relevantes, mesmo a despeito do tempo e das mudanças legislativas que se operaram nesse interregno, mostrando-nos o quão cíclica é nossa história.

Marco Praxedes tem uma escrita clara, lúcida, envolvente, sobretudo, cônscia de seu poder enquanto instrumento de mudança e de formação de opinião. E é com leveza que vamos passeando pelas páginas do livro, nos detendo em assuntos de diversas matizes, os quais se mostram pertinentes para uma melhor compreensão do mundo em que vivemos e da nossa sociedade, sempre em constante mutação.

Consensos E Dissensos: Inquietações Na Sociedade Hodierna denota a disposição do autor de levar aos seus leitores temas relevantes que não interessam apenas a comunidade acadêmica, mas também a sociedade em geral, merecendo realce, entre outros: “Unificação da delação premiada”, “Intolerância religiosa”, “Efetividade do acesso à informação em processos administrativos”, “Dispensa de licitação”, “A improbidade administrativa e o princípio da insignificância”, “A responsabilidade na prestação dos serviços públicos”, “Prova emprestada no processo disciplinar”, “Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P)” e “Controle judicial das políticas públicas”. Como se vê todos atuais e deveras importantes.


Deixe uma resposta


Desenvolvido pela Quanta Comunicação