Lord Jim

Lord Jim descreve aventuras emocionantes nas paisagens estranhas e exóticas da Malásia, habitada por povos primitivos e onde aventureiros se aproveitam da simplicidade dos nativos para satisfazer sua cobiça de lucros e de poder. Conrad inspirou-se em uma trágica experiência pessoal para criar essa obra: o naufrágio do navio Palestina, que o levava de Londres para Cingapura.


Lord Jim pode ser dividido em duas partes. A primeira lida com o acidente do navio Patna. Jim é um marinheiro que no meio da confusão escapa do navio cheio de muçulmanos fazendo o hajj. O navio não afunda e Jim fica desonrado. Ele encara a justiça e é estirpado de seu posto. Jim conhece Marlow, que narra a maior parte da história. Após fugir da história que o persegue, Jim parte para Patusan e assim começa a segunda parte. Ele vira líder da região e defende contra o Gentleman Brown.
Honra. É esse o sentimento que norteia os destinos de Jim. Do jovem imediato exposto a um tragicômico episódio em alto-mar ao respeitado Lord Jim de Patusan: o compromisso com uma noção de dignidade muito particular é o que conduz o protagonista dessa dramática trajetória.
Lord Jim relata as mil agruras e aventuras de um jovem oficial que comete uma fraqueza num naufrágio e luta a vida inteira para esquecer e fazer esquecer sua falha. Os mares do sudeste asiático, cenário sempre presente na obra de Joseph Conrad, são o palco das aventuras de Jim e outros tantos personagens. Um deles é Marlow, o velho capitão que narra as experiências daquele homem de "coração inescrutável".
Lord Jim é considerado por muitos o melhor livro de Conrad. A esse respeito o autor, tem opinião própria:
"Têm-me perguntado se este não é, entre os meus livros, aquele de que mais gosto. Sou inimigo mortal do favoritismo na vida pública, na vida privada e mesmo no delicado relacionamento de um autor com sua obra. Por uma questão de princípio, não terei favoritos; mas não irei ao ponto de me sentir contrariado, incomodado, pela preferência que algumas pessoas dão ao meu Lord Jim..."
Joseph Conrad é por todos os títulos um clássico da literatura. É glória da Polônia, por seu nascimento, e da Inglaterra, em cuja língua se tornou um grande mestre do romance. É glória do mundo humano, cujas vastidões percorreu através do mar e cujos habitantes tanto amou e procurou compreender, na variedade e na complexidade dos povos e dos indivíduos que o constituem.

   

 

 

Links para Download

Link Quebrado?

Caso o link não esteja funcionando comente abaixo e tentaremos localizar um novo link para este livro.

Deixe seu comentário

Mais Lidos

Blog

Lord Jim

Lord Jim descreve aventuras emocionantes nas paisagens estranhas e exóticas da Malásia, habitada por povos primitivos e onde aventureiros se aproveitam da simplicidade dos nativos para satisfazer sua cobiça de lucros e de poder. Conrad inspirou-se em uma trágica experiência pessoal para criar essa obra: o naufrágio do navio Palestina, que o levava de Londres para Cingapura.
Lord Jim pode ser dividido em duas partes. A primeira lida com o acidente do navio Patna. Jim é um marinheiro que no meio da confusão escapa do navio cheio de muçulmanos fazendo o hajj. O navio não afunda e Jim fica desonrado. Ele encara a justiça e é estirpado de seu posto. Jim conhece Marlow, que narra a maior parte da história. Após fugir da história que o persegue, Jim parte para Patusan e assim começa a segunda parte. Ele vira líder da região e defende contra o Gentleman Brown.
Honra. É esse o sentimento que norteia os destinos de Jim. Do jovem imediato exposto a um tragicômico episódio em alto-mar ao respeitado Lord Jim de Patusan: o compromisso com uma noção de dignidade muito particular é o que conduz o protagonista dessa dramática trajetória.
Lord Jim relata as mil agruras e aventuras de um jovem oficial que comete uma fraqueza num naufrágio e luta a vida inteira para esquecer e fazer esquecer sua falha. Os mares do sudeste asiático, cenário sempre presente na obra de Joseph Conrad, são o palco das aventuras de Jim e outros tantos personagens. Um deles é Marlow, o velho capitão que narra as experiências daquele homem de “coração inescrutável”.
Lord Jim é considerado por muitos o melhor livro de Conrad. A esse respeito o autor, tem opinião própria:
“Têm-me perguntado se este não é, entre os meus livros, aquele de que mais gosto. Sou inimigo mortal do favoritismo na vida pública, na vida privada e mesmo no delicado relacionamento de um autor com sua obra. Por uma questão de princípio, não terei favoritos; mas não irei ao ponto de me sentir contrariado, incomodado, pela preferência que algumas pessoas dão ao meu Lord Jim…”
Joseph Conrad é por todos os títulos um clássico da literatura. É glória da Polônia, por seu nascimento, e da Inglaterra, em cuja língua se tornou um grande mestre do romance. É glória do mundo humano, cujas vastidões percorreu através do mar e cujos habitantes tanto amou e procurou compreender, na variedade e na complexidade dos povos e dos indivíduos que o constituem.

   

 

 

https://livrandante.com.br/produto/camisa-livros-voadores/

Link Quebrado?

Caso o link não esteja funcionando comente abaixo e tentaremos localizar um novo link para este livro.

Deixe seu comentário

Pesquisar

Mais Lidos

Blog