José Porfiro Da Silva – Reduzindo Os Elos Da Cadeia

Reduzindo Os Elos Da Cadeia trata dos aspectos relacionados com a economia política da inovação e a política brasileira de inovação.

José Porfiro Da Silva – Reduzindo Os Elos Da Cadeia: O Constructo Da Política De Inovação Dos Governos FHC E Lula

Este trabalho versa sobre o constructo da política brasileira de inovação, 1995-2010, correspondendo aos dezesseis anos dos governos de Fernando Henrique Cardoso (FHC) e de Luis Inácio (Lula) da Silva, período no qual se estabeleceu, se desenvolveu e evoluiu, em nível global, um consenso tecnológico quase inquestionável.

Entendemos o consenso tecnológico mais do que a mera ideia de que a ciência e a tecnologia são instrumentos imprescindíveis para a sociedade, visto que uma variante dessa manifestação remonta às primeiras décadas do século XX, conforme Salomon e a tradição dos trabalhos de Schumpeter. Mesmo no Brasil, nos anos 1950, com a consolidação do capitalismo industrial, ficou patente a importância dada ao progresso tecnológico como o motor fundamental do desenvolvimento.

Nessa direção, não pretendemos fazer qualificações relevantes a esse pressuposto. Também o conservaremos no entendimento de que o desenvolvimento de uma nação depende de um apropriado sistema de ciência, tecnologia e inovação, fazendo com que o Brasil necessite cada vez mais aperfeiçoar sua política nesta área tão fundamental, no sentido de reduzir ainda mais seus indicadores socioeconômicos negativos.

Aqui, trabalharemos com um significado de consenso localizado estritamente nas duas décadas que compõem o final do século XX e o início do século XXI e que foi construído no âmbito acadêmico (universidades e centros de pesquisas) e das organizações multilaterais globais e/ou regionais (UNCTAD, OCDE, BIRD, BID, CEPAL), tendo se disseminado amplamente pelo conjunto dos policy makers da maioria dos governos mundiais.

Reduzindo Os Elos Da Cadeia está organizado em duas partes, cada uma com três capítulos, além da introdução e das considerações finais. Na primeira, trabalhamos os aspectos relacionados com a economia política da inovação e as principais dimensões constitutivas do consenso tecnológico global. A segunda contém a discussão mais específica que nos interessa sobre a política brasileira de inovação na era do consenso tecnológico.

Clique para
Baixar o PDF

Deixe uma resposta

José Porfiro Da Silva – Reduzindo Os Elos Da Cadeia

Reduzindo Os Elos Da Cadeia trata dos aspectos relacionados com a economia política da inovação e a política brasileira de inovação.

José Porfiro Da Silva - Reduzindo Os Elos Da Cadeia: O Constructo Da Política De Inovação Dos Governos FHC E Lula

Este trabalho versa sobre o constructo da política brasileira de inovação, 1995-2010, correspondendo aos dezesseis anos dos governos de Fernando Henrique Cardoso (FHC) e de Luis Inácio (Lula) da Silva, período no qual se estabeleceu, se desenvolveu e evoluiu, em nível global, um consenso tecnológico quase inquestionável.

Entendemos o consenso tecnológico mais do que a mera ideia de que a ciência e a tecnologia são instrumentos imprescindíveis para a sociedade, visto que uma variante dessa manifestação remonta às primeiras décadas do século XX, conforme Salomon e a tradição dos trabalhos de Schumpeter. Mesmo no Brasil, nos anos 1950, com a consolidação do capitalismo industrial, ficou patente a importância dada ao progresso tecnológico como o motor fundamental do desenvolvimento.

Nessa direção, não pretendemos fazer qualificações relevantes a esse pressuposto. Também o conservaremos no entendimento de que o desenvolvimento de uma nação depende de um apropriado sistema de ciência, tecnologia e inovação, fazendo com que o Brasil necessite cada vez mais aperfeiçoar sua política nesta área tão fundamental, no sentido de reduzir ainda mais seus indicadores socioeconômicos negativos.

Aqui, trabalharemos com um significado de consenso localizado estritamente nas duas décadas que compõem o final do século XX e o início do século XXI e que foi construído no âmbito acadêmico (universidades e centros de pesquisas) e das organizações multilaterais globais e/ou regionais (UNCTAD, OCDE, BIRD, BID, CEPAL), tendo se disseminado amplamente pelo conjunto dos policy makers da maioria dos governos mundiais.

Reduzindo Os Elos Da Cadeia está organizado em duas partes, cada uma com três capítulos, além da introdução e das considerações finais. Na primeira, trabalhamos os aspectos relacionados com a economia política da inovação e as principais dimensões constitutivas do consenso tecnológico global. A segunda contém a discussão mais específica que nos interessa sobre a política brasileira de inovação na era do consenso tecnológico.

Clique para
Baixar o PDF

Deixe uma resposta


Desenvolvido pela Quanta Comunicação