José Carlos Miguel (Org.) – Educação De Jovens E Adultos

Educação De Jovens E Adultos tem como escopo a discussão em busca de reconhecimento do direito social à educação.

José Carlos Miguel – Educação De Jovens E Adultos: Diversidade, Inclusão E Conscientização

O livro Educação De Jovens E Adultos: Diversidade, Inclusão E Conscientização se situa no contexto de uma multiplicidade de processos formativos voltados a contemplar, para além da busca de superação do analfabetismo absoluto, o debate sobre temáticas voltadas ao alargamento da concepção de EJA, as quais, embora propaladas, raramente são consignadas nos programas de ensino desse segmento da educação básica tais como a identidade cultural, as diferenças, a questão racial, as relações de poder, a temática de gênero, a arte e a cultura popular, entre outras, todas elas a carecer de políticas públicas para efetivação.

Compreende-se como imperativa a produção e difusão de saberes envolvendo a EJA de modo a consolidá-la como um campo efetivo de reflexões teórico-práticas voltadas à garantia do acesso e permanência dos sujeitos no ambiente escolar situado em um verdadeiro mosaico de culturas, etnias, condições de vida e grupos sociais, com anseios de desenvolvimento social, a constituir enorme desafio para as políticas públicas.

Assim, no conjunto dos textos da obra, destacam-se a fundamentação teórica de vários componentes curriculares dessa área do conhecimento, a análise documental voltada à sustentação legal e, em especial, propostas de intervenção didático-pedagógica voltadas à mediação necessária para a constituição de políticas públicas e verdadeira formação cidadã.

Desse modo, o livro é de interesse para a formação inicial de professores, para docentes que ensinam na EJA e para profissionais das redes de ensino envolvidos com orientação técnico-pedagógica e formação inicial ou continuada de educadores.

Educação De Jovens E Adultos: Diversidade, Inclusão E Conscientização tem como escopo a discussão de constructos teóricos postos em contexto amplo de busca de reconhecimento do direito social à educação, bem como de concepções sobre o ideário da educação inclusiva, apontando para o legado histórico da educação de jovens e adultos, a EJA, como campo de práticas educativas situadas no âmbito do Direito Público Subjetivo.

Esses condicionantes sociais e políticos, relativos à constituição efetiva de sujeitos de aprendizagem se voltam à compreensão do cotidiano escolar como espaço de tensões, mas também de práticas pedagógicas alternativas, dialógicas e populares, concebidas como elementos fundantes da tomada de consciência e, quiçá, da transformação da sociedade.


Deixe uma resposta

José Carlos Miguel (Org.) – Educação De Jovens E Adultos

Educação De Jovens E Adultos tem como escopo a discussão em busca de reconhecimento do direito social à educação.

José Carlos Miguel - Educação De Jovens E Adultos: Diversidade, Inclusão E Conscientização

O livro Educação De Jovens E Adultos: Diversidade, Inclusão E Conscientização se situa no contexto de uma multiplicidade de processos formativos voltados a contemplar, para além da busca de superação do analfabetismo absoluto, o debate sobre temáticas voltadas ao alargamento da concepção de EJA, as quais, embora propaladas, raramente são consignadas nos programas de ensino desse segmento da educação básica tais como a identidade cultural, as diferenças, a questão racial, as relações de poder, a temática de gênero, a arte e a cultura popular, entre outras, todas elas a carecer de políticas públicas para efetivação.

Compreende-se como imperativa a produção e difusão de saberes envolvendo a EJA de modo a consolidá-la como um campo efetivo de reflexões teórico-práticas voltadas à garantia do acesso e permanência dos sujeitos no ambiente escolar situado em um verdadeiro mosaico de culturas, etnias, condições de vida e grupos sociais, com anseios de desenvolvimento social, a constituir enorme desafio para as políticas públicas.

Assim, no conjunto dos textos da obra, destacam-se a fundamentação teórica de vários componentes curriculares dessa área do conhecimento, a análise documental voltada à sustentação legal e, em especial, propostas de intervenção didático-pedagógica voltadas à mediação necessária para a constituição de políticas públicas e verdadeira formação cidadã.

Desse modo, o livro é de interesse para a formação inicial de professores, para docentes que ensinam na EJA e para profissionais das redes de ensino envolvidos com orientação técnico-pedagógica e formação inicial ou continuada de educadores.

Educação De Jovens E Adultos: Diversidade, Inclusão E Conscientização tem como escopo a discussão de constructos teóricos postos em contexto amplo de busca de reconhecimento do direito social à educação, bem como de concepções sobre o ideário da educação inclusiva, apontando para o legado histórico da educação de jovens e adultos, a EJA, como campo de práticas educativas situadas no âmbito do Direito Público Subjetivo.

Esses condicionantes sociais e políticos, relativos à constituição efetiva de sujeitos de aprendizagem se voltam à compreensão do cotidiano escolar como espaço de tensões, mas também de práticas pedagógicas alternativas, dialógicas e populares, concebidas como elementos fundantes da tomada de consciência e, quiçá, da transformação da sociedade.


Deixe uma resposta


Desenvolvido pela Quanta Comunicação