Jefferson Aldemir Nunes & Outros (Orgs.) – IV Colóquio Discente De Estudos Históricos Latino-Americanos

O IV Colóquio Discente De Estudos Históricos Latino-Americanos tem como tema “História, Democracia e Educação em Tempos de Crise”.

Jefferson Aldemir Nunes, Maira Damasceno & Marcelo Augusto Maciel Da Silva (Orgs.) – IV Colóquio Discente De Estudos Históricos Latino-Americanos (3 Volumes)

O Colóquio Discente de Estudos Históricos Latino-Americanos (CEHLA) é um evento bianual, promovido e organizado pelo Corpo Discente do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos) e que tem como meta promover um espaço de encontro para acadêmicos interessados em contribuir com a discussão sobre a História da América Latina.

Dessa forma, nosso colóquio busca ser um espaço de diálogo e troca de experiências e conhecimento produzido na academia, para a construção, a mais plural possível, do conhecimento histórico. Esse é o compromisso do corpo discente do PPGH/UNISINOS.

O IV Colóquio Discente De Estudos Históricos Latino-Americanos, edição de 2021, tem como tema “História, Democracia e Educação em Tempos de Crise”.

Pretendemos com isso não limitar os trabalhos e discussões a serem trazidos ao nosso evento, mas antes, colocarmos historiadores – e cientistas sociais em geral – a pensarem a realidade política brasileira e, também, Latino-Americana, sobre as questões da Democracia e como isso se relaciona mais diretamente com a História e Educação nesses Tempos de Crise.

Como afirmou Sérgio Buarque de Holanda “Uma das missões do historiador, desde que se Interesse nas coisas de seu tempo – mas em caso contrário ainda se pode chamar historiador? consiste em procurar afugentar do presente os demônios da história”.

Além de compartilharmos o crescimento de tendências autoritárias com nossos vizinhos Latino-Americanos, não podemos esquecer um passado que nos aproxima. Seja o genocídio dos povos originários, a escravização das populações africanas trazidas para a América – não esquecendo das diversas resistências desses mesmos grupos – e as Ditaduras Militares que assolaram nosso continente em um passado recente.

Em consequência, estudos históricos cada vez mais tendem a pensar uma história do Brasil conectada a esse amplo contexto latino-americano, o que parece ter alterado uma lógica de recepção quase passiva de modelos sociais vindos da Europa.

Nesse sentido, contribuiu para aflorar um maior sentimento de pertencimento a esse espaço e proporcionou a formulação de projetos de sociedade e de expressões voltadas à realidade Latino-Americana.

Clique para
Baixar o PDF

Deixe uma resposta

Jefferson Aldemir Nunes & Outros (Orgs.) – IV Colóquio Discente De Estudos Históricos Latino-Americanos

O IV Colóquio Discente De Estudos Históricos Latino-Americanos tem como tema “História, Democracia e Educação em Tempos de Crise”.

Jefferson Aldemir Nunes, Maira Damasceno & Marcelo Augusto Maciel Da Silva (Orgs.) - IV Colóquio Discente De Estudos Históricos Latino-Americanos (3 Volumes)

O Colóquio Discente de Estudos Históricos Latino-Americanos (CEHLA) é um evento bianual, promovido e organizado pelo Corpo Discente do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos) e que tem como meta promover um espaço de encontro para acadêmicos interessados em contribuir com a discussão sobre a História da América Latina.

Dessa forma, nosso colóquio busca ser um espaço de diálogo e troca de experiências e conhecimento produzido na academia, para a construção, a mais plural possível, do conhecimento histórico. Esse é o compromisso do corpo discente do PPGH/UNISINOS.

O IV Colóquio Discente De Estudos Históricos Latino-Americanos, edição de 2021, tem como tema “História, Democracia e Educação em Tempos de Crise”.

Pretendemos com isso não limitar os trabalhos e discussões a serem trazidos ao nosso evento, mas antes, colocarmos historiadores - e cientistas sociais em geral - a pensarem a realidade política brasileira e, também, Latino-Americana, sobre as questões da Democracia e como isso se relaciona mais diretamente com a História e Educação nesses Tempos de Crise.

Como afirmou Sérgio Buarque de Holanda “Uma das missões do historiador, desde que se Interesse nas coisas de seu tempo – mas em caso contrário ainda se pode chamar historiador? consiste em procurar afugentar do presente os demônios da história”.

Além de compartilharmos o crescimento de tendências autoritárias com nossos vizinhos Latino-Americanos, não podemos esquecer um passado que nos aproxima. Seja o genocídio dos povos originários, a escravização das populações africanas trazidas para a América - não esquecendo das diversas resistências desses mesmos grupos - e as Ditaduras Militares que assolaram nosso continente em um passado recente.

Em consequência, estudos históricos cada vez mais tendem a pensar uma história do Brasil conectada a esse amplo contexto latino-americano, o que parece ter alterado uma lógica de recepção quase passiva de modelos sociais vindos da Europa.

Nesse sentido, contribuiu para aflorar um maior sentimento de pertencimento a esse espaço e proporcionou a formulação de projetos de sociedade e de expressões voltadas à realidade Latino-Americana.

Clique para
Baixar o PDF

Deixe uma resposta


Desenvolvido pela Quanta Comunicação