Jean Marcel Carvalho França – Ilustres Ordinários Do Brasil

Ilustres Ordinários Do Brasil é um livro sobre pequenas permanências, sobre pequenos traços do país e do seu povo.

Jean Marcel Carvalho França – Ilustres Ordinários Do Brasil

As duas dezenas de ensaios que compõem este livro, a maioria deles escrita ao longo dos últimos quinze anos, giram em torno de uma única e mesma obsessão: traçar uma história do Brasil – história fragmentada e avessa a qualquer pretensão sistêmica ou teleológica – a partir da descrição de uma galeria de tipos sociais e de tiques comportamentais que, por caminhos variados, a sociedade brasileira construiu e, pacientemente, consolidou para si ao longo do tempo.

É, dito em outras palavras, Ilustres Ordinários Do Brasil é um livro sobre pequenas permanências, sobre pequenos traços do país e do seu povo que, de tanto serem repetidos, lembrados, discutidos, por vezes cantados em verso e prosa, ganharam ares de verdade e produziram impactos sociocomportamentais mensuráveis; como diria o pensador alemão Nietzsche, traços que, de tanto serem enfatizados poética e retoricamente, parecem a um povo sólidos, canônicos e obrigatórios.

A leitura que proponho de tais permanências, de tais tópicas, não é, porém, adianto ao leitor desavisado, uma exaltação das supostas singularidades nacionais e, menos ainda, uma celebração das origens do ser brasileiro. Trata-se, antes, da genealogia de um punhado das muitas mazelas nacionais e dos modos que inventamos para as contornar, não para as resolver – contornar, a propósito, é um traço que coletivamente cultivamos há séculos e para o qual inventamos no século XX um nome, jeitinho brasileiro.

Tal leitura não é, tampouco, um mapeamento das nuances de uma suposta essência do brasileiro; ao contrário, os tipos que serão descritos ao longo dos ensaios têm a indelével marca do tempo e da instabilidade: têm um começo, uma duração (mais ou menos longa), um ocaso e, o que é mais importante, não indicam a priori que direção irão tomar no futuro.

Ilustres Ordinários Do Brasil reúne ensaios sobre a história do Brasil a partir da descrição de uma galeria de tipos sociais e de tiques comportamentais que a sociedade brasileira construiu e consolidou para si ao longo do tempo. É, em outras palavras, um livro sobre pequenas permanências, sobre pequenos traços do país e do seu povo que, de tanto serem repetidos, lembrados, discutidos, por vezes cantados em verso e prosa, ganharam ares de verdade e produziram impactos sociocomportamentais mensuráveis.

Clique para
Baixar o PDF
Clique para
Baixar o ePUB

Deixe uma resposta

Jean Marcel Carvalho França – Ilustres Ordinários Do Brasil

Ilustres Ordinários Do Brasil é um livro sobre pequenas permanências, sobre pequenos traços do país e do seu povo.

Jean Marcel Carvalho França - Ilustres Ordinários Do Brasil

As duas dezenas de ensaios que compõem este livro, a maioria deles escrita ao longo dos últimos quinze anos, giram em torno de uma única e mesma obsessão: traçar uma história do Brasil – história fragmentada e avessa a qualquer pretensão sistêmica ou teleológica – a partir da descrição de uma galeria de tipos sociais e de tiques comportamentais que, por caminhos variados, a sociedade brasileira construiu e, pacientemente, consolidou para si ao longo do tempo.

É, dito em outras palavras, Ilustres Ordinários Do Brasil é um livro sobre pequenas permanências, sobre pequenos traços do país e do seu povo que, de tanto serem repetidos, lembrados, discutidos, por vezes cantados em verso e prosa, ganharam ares de verdade e produziram impactos sociocomportamentais mensuráveis; como diria o pensador alemão Nietzsche, traços que, de tanto serem enfatizados poética e retoricamente, parecem a um povo sólidos, canônicos e obrigatórios.

A leitura que proponho de tais permanências, de tais tópicas, não é, porém, adianto ao leitor desavisado, uma exaltação das supostas singularidades nacionais e, menos ainda, uma celebração das origens do ser brasileiro. Trata-se, antes, da genealogia de um punhado das muitas mazelas nacionais e dos modos que inventamos para as contornar, não para as resolver – contornar, a propósito, é um traço que coletivamente cultivamos há séculos e para o qual inventamos no século XX um nome, jeitinho brasileiro.

Tal leitura não é, tampouco, um mapeamento das nuances de uma suposta essência do brasileiro; ao contrário, os tipos que serão descritos ao longo dos ensaios têm a indelével marca do tempo e da instabilidade: têm um começo, uma duração (mais ou menos longa), um ocaso e, o que é mais importante, não indicam a priori que direção irão tomar no futuro.

Ilustres Ordinários Do Brasil reúne ensaios sobre a história do Brasil a partir da descrição de uma galeria de tipos sociais e de tiques comportamentais que a sociedade brasileira construiu e consolidou para si ao longo do tempo. É, em outras palavras, um livro sobre pequenas permanências, sobre pequenos traços do país e do seu povo que, de tanto serem repetidos, lembrados, discutidos, por vezes cantados em verso e prosa, ganharam ares de verdade e produziram impactos sociocomportamentais mensuráveis.

Clique para
Baixar o PDF
Clique para
Baixar o ePUB

Deixe uma resposta