Por Trás Da Máscara

Por Trás Da Máscara: Do Passe Livre Aos Black Blocs, As Manifestações Que Tomaram As Ruas Do Brasil - Neste notável e corajoso livro de estreia, desde já leitura obrigatória para o entendimento do Brasil, Flavio Morgenstern cumpre o que o título promete: desnuda sem dó, mais do que as “jornadas de junho” de 2013 em si, o espírito da insurreição e o cenário e os interesses que a incubaram.


Valendo-se de sua consistente cultura política, sólida noção de tempo histórico, leitura (e releitura) arguta do noticiário, memória incorruptível, prosa abundante e humor desconcertante, o autor investiga e destrincha – com técnica original e abordagem inédita – aquela imensa onda de manifestações, tão imediatamente comprada como histórica quanto ainda hoje incompreendida.
Por Trás Da Máscara é mais um livro estimado pelo público que o consome: pessoas interessadas em sair das cartilhas “anti-capitalista”. A obra detalha os acontecimentos das famosas “jornadas de junho” de 2013. O autor refere-se ao “ano que não acabou”, e expõe com precisão vários estratagemas de movimentos como Passe Livre (MPL) e Fora do Eixo (FdE), que se auto intitulam “horizontais”, “coletivos”, entre outros adjetivos que permeiam seu linguajar de ressentimento.
Com uma significativa porção de ironia, cada uma das seis partes do livro trata de um assunto detalhadamente. No começo, Morgenstern disserta sobre o Ocuppy Wall Street – uma série de eventos (de teor “contra o capital”) que ocorreu em Nova York e que inspirou as redes de protestos no Brasil desde 2011. As estratégias usadas para aglomerar e positivar esse tipo de evento são descritas no livro e, quanto mais entramos no âmago da leitura, mais notamos os sutis mecanismos de manipulação das massas. O autor traça um paralelo entre o Occupy e as manifestações nacionais de junho de 2013 – estratégias parecidas e uma massa ignorante o bastante para cair em toda sorte de engodo do jogo político.
Não sendo apenas informativo, mas também didático, Por Trás Da Máscara explica como a infantilidade dos adeptos desses movimentos produz rupturas na sociedade. Através do conceito de infowar (guerra de narrativas), esses movimentos mancomunados com partidos de extrema-esquerda inspiram-se em regimes totalitários, mistificando as massas (que só conhecem na imaginação) para utilizá-las como alavanca de seus desejos. Não tendo um objetivo claro em suas pautas e reivindicações, elas podem dirigir suas narrativas a qualquer sentimento de insatisfação. Soa familiar? É exatamente o que os protestos de junho de 2013 significaram. Os 20 centavos eram apenas pano de fundo para outras questões.

Faça uma doação para a Biblioteca Livr’Andante

e ganhe esta camisa ou escolha outros dos

nossos brindes.

Links para Download

Link Quebrado?

Caso o link não esteja funcionando comente abaixo e tentaremos localizar um novo link para este livro.

Deixe seu comentário

Mais Lidos

Blog

Por Trás Da Máscara

Por Trás Da Máscara: Do Passe Livre Aos Black Blocs, As Manifestações Que Tomaram As Ruas Do Brasil – Neste notável e corajoso livro de estreia, desde já leitura obrigatória para o entendimento do Brasil, Flavio Morgenstern cumpre o que o título promete: desnuda sem dó, mais do que as “jornadas de junho” de 2013 em si, o espírito da insurreição e o cenário e os interesses que a incubaram.
Valendo-se de sua consistente cultura política, sólida noção de tempo histórico, leitura (e releitura) arguta do noticiário, memória incorruptível, prosa abundante e humor desconcertante, o autor investiga e destrincha – com técnica original e abordagem inédita – aquela imensa onda de manifestações, tão imediatamente comprada como histórica quanto ainda hoje incompreendida.
Por Trás Da Máscara é mais um livro estimado pelo público que o consome: pessoas interessadas em sair das cartilhas “anti-capitalista”. A obra detalha os acontecimentos das famosas “jornadas de junho” de 2013. O autor refere-se ao “ano que não acabou”, e expõe com precisão vários estratagemas de movimentos como Passe Livre (MPL) e Fora do Eixo (FdE), que se auto intitulam “horizontais”, “coletivos”, entre outros adjetivos que permeiam seu linguajar de ressentimento.
Com uma significativa porção de ironia, cada uma das seis partes do livro trata de um assunto detalhadamente. No começo, Morgenstern disserta sobre o Ocuppy Wall Street – uma série de eventos (de teor “contra o capital”) que ocorreu em Nova York e que inspirou as redes de protestos no Brasil desde 2011. As estratégias usadas para aglomerar e positivar esse tipo de evento são descritas no livro e, quanto mais entramos no âmago da leitura, mais notamos os sutis mecanismos de manipulação das massas. O autor traça um paralelo entre o Occupy e as manifestações nacionais de junho de 2013 – estratégias parecidas e uma massa ignorante o bastante para cair em toda sorte de engodo do jogo político.
Não sendo apenas informativo, mas também didático, Por Trás Da Máscara explica como a infantilidade dos adeptos desses movimentos produz rupturas na sociedade. Através do conceito de infowar (guerra de narrativas), esses movimentos mancomunados com partidos de extrema-esquerda inspiram-se em regimes totalitários, mistificando as massas (que só conhecem na imaginação) para utilizá-las como alavanca de seus desejos. Não tendo um objetivo claro em suas pautas e reivindicações, elas podem dirigir suas narrativas a qualquer sentimento de insatisfação. Soa familiar? É exatamente o que os protestos de junho de 2013 significaram. Os 20 centavos eram apenas pano de fundo para outras questões.

Faça uma doação para a Biblioteca Livr’Andante

e ganhe esta camisa ou escolha outros dos

nossos brindes.

Link Quebrado?

Caso o link não esteja funcionando comente abaixo e tentaremos localizar um novo link para este livro.

Deixe seu comentário

Pesquisar

Mais Lidos

Blog