Elenise Felzke Schonardie & Gilmar Antonio Bedin (Orgs.) – Os Descaminhos Da Igualdade Vol. I

Os Descaminhos Da Igualdade apresenta proposições de como atingir as metas de sustentabilidade propostas pela agenda internacional.

Elenise Felzke Schonardie & Gilmar Antonio Bedin (Orgs.) – Os Descaminhos Da Igualdade Vol. I: Direito À Cidade, Desigualdades E Inclusão Social

A proposição de um seminário voltado à reflexão sobre o princípio da igualdade em um contexto social, político, cultural e econômico de frequentes violações e retrocessos dos direitos de cidadania, como têm mostrado os cenários nacional e internacional é uma necessidade na busca por caminhos que possam contribuir para a efetivação desses direitos e inclusão social nas cidades.

Não obstante, através do conhecimento, da troca de experiências vivenciadas nas diferentes dimensões da vida acadêmica, tecno-profissional e pessoal, é que busca-se entender o mundo e suas transformações a partir do contexto específico das cidades, bem como traçar estratégias para novas ações.

Há que se considerar que a interação social e a práxis suscitam, de maneira contínua, a reflexão a partir de um olhar interdisciplinar/transdisciplinar, que não se contenta com a fragmentação de visões parciais que as ciências podem ter a partir do fechamento em suas especialidades.

Notadamente, neste momento histórico e político da década de 2020 observa-se o protagonismo político-espacial das cidades, nas estruturas do estado.

Em sua primeira edição, o evento se consolidou como um espaço acadêmico privilegiado de discussões sobre questões regionais referentes ao direito à cidade, às desigualdades e a inclusão social, temas atuais que suscitam discussões transdisciplinares na tentativa de construir ações que posam proporcionar transformações no mundo concreto em nível local e regional.

Em tempos estranhos, como o atual, pensamos que é necessário refletir sobre as realidades que nos mostram o crescimento sem parcimônia das desigualdades sociais, o nosso afastamento da ideia de igualdade enquanto princípio e enquanto direito, diante dos objetivos de uma agenda global – a Agenda 2030 da ONU – que proclama a revalorização da igualdade, por meio da redução das desigualdades e inclusão sociais.

Ainda, diante desse cenário, apresentamos proposições de como atingir, em nível local, as metas de sustentabilidade propostas pela agenda internacional.

Clique para
Baixar o PDF

Deixe uma resposta

Elenise Felzke Schonardie & Gilmar Antonio Bedin (Orgs.) – Os Descaminhos Da Igualdade Vol. I

Os Descaminhos Da Igualdade apresenta proposições de como atingir as metas de sustentabilidade propostas pela agenda internacional.

Elenise Felzke Schonardie & Gilmar Antonio Bedin (Orgs.) - Os Descaminhos Da Igualdade Vol. I: Direito À Cidade, Desigualdades E Inclusão Social

A proposição de um seminário voltado à reflexão sobre o princípio da igualdade em um contexto social, político, cultural e econômico de frequentes violações e retrocessos dos direitos de cidadania, como têm mostrado os cenários nacional e internacional é uma necessidade na busca por caminhos que possam contribuir para a efetivação desses direitos e inclusão social nas cidades.

Não obstante, através do conhecimento, da troca de experiências vivenciadas nas diferentes dimensões da vida acadêmica, tecno-profissional e pessoal, é que busca-se entender o mundo e suas transformações a partir do contexto específico das cidades, bem como traçar estratégias para novas ações.

Há que se considerar que a interação social e a práxis suscitam, de maneira contínua, a reflexão a partir de um olhar interdisciplinar/transdisciplinar, que não se contenta com a fragmentação de visões parciais que as ciências podem ter a partir do fechamento em suas especialidades.

Notadamente, neste momento histórico e político da década de 2020 observa-se o protagonismo político-espacial das cidades, nas estruturas do estado.

Em sua primeira edição, o evento se consolidou como um espaço acadêmico privilegiado de discussões sobre questões regionais referentes ao direito à cidade, às desigualdades e a inclusão social, temas atuais que suscitam discussões transdisciplinares na tentativa de construir ações que posam proporcionar transformações no mundo concreto em nível local e regional.

Em tempos estranhos, como o atual, pensamos que é necessário refletir sobre as realidades que nos mostram o crescimento sem parcimônia das desigualdades sociais, o nosso afastamento da ideia de igualdade enquanto princípio e enquanto direito, diante dos objetivos de uma agenda global – a Agenda 2030 da ONU – que proclama a revalorização da igualdade, por meio da redução das desigualdades e inclusão sociais.

Ainda, diante desse cenário, apresentamos proposições de como atingir, em nível local, as metas de sustentabilidade propostas pela agenda internacional.

Clique para
Baixar o PDF

Deixe uma resposta


Desenvolvido pela Quanta Comunicação