Edivaldo Valcacio Dos Santos Vianna – O Brincar E A Tecnologia

O Brincar E A Tecnologia visa discorrer sobre as modificações das brincadeiras tradicionais e a influência da tecnologia nas brincadeiras.

Edivaldo Valcacio Dos Santos Vianna – O Brincar E A Tecnologia: As Modificações Das Brincadeiras Tradicionais E As Influências Tecnológicas Na Escola

Esta obra visa discorrer sobre as modificações das brincadeiras tradicionais e a influência da tecnologia nas escolas .

Com o avanço da tecnologia e as mídias tem provocado muitas transformações nas brincadeiras tidas como tradicionais, hoje em dia pode-se observar que tais mudanças provocam profunda influencia nas relações humanas colocando em alguns momentos a criança como indivíduo mais individualista sem essa relação com outro e o meio com essa influência das novas tecnologias que o século XXI trás para sua geração, a infância está perdendo cada vez mais o contato das crianças com os jogos, brincadeiras e brinquedos tradicionais, por conta do novo, ou seja, das novas descobertas, desde muito cedo, e em muitas das vezes sem a supervisão do adulto ou do professor.

As brincadeiras tradicionais vão perdendo seu espaço coletivamente para os novos brinquedos tais como: videogames, computadores, tabletes, televisores, celulares e brinquedos eletrônicos, e passam a ganhar um novo nome de “Redes Sociais”, onde conecta com o mundo globalizado, porem individualmente, e não mais no coletivo.

Diante disso, questiono: qual a influência que a tecnologia tem nas brincadeiras tradicionais? Por meio de um estudo bibliográfico, com base em textos, livros, reportagens que discorrem sobre o tema, propõem abordar sobre: a) Como o brincar tem sofrido modificações com as novas tecnologias; b) A importância da brincadeira tradicional no desenvolvimento da criança com outro e o meio; c) Algumas contribuições pedagógicas como possibilidades de intervenções entre a tecnologia e as brincadeiras tradicionais.

Concluo, com base nos estudos efetuados, que as brincadeiras tradicionais são muito importantes no desenvolvimento da criança, e como o avanço da tecnologia, desde que estejam intermediados por um adulto pode ter seu aproveito significativo no desenvolvimento e na aprendizagem da criança.


Deixe uma resposta

Edivaldo Valcacio Dos Santos Vianna – O Brincar E A Tecnologia

O Brincar E A Tecnologia visa discorrer sobre as modificações das brincadeiras tradicionais e a influência da tecnologia nas brincadeiras.

Edivaldo Valcacio Dos Santos Vianna - O Brincar E A Tecnologia: As Modificações Das Brincadeiras Tradicionais E As Influências Tecnológicas Na Escola

Esta obra visa discorrer sobre as modificações das brincadeiras tradicionais e a influência da tecnologia nas escolas .

Com o avanço da tecnologia e as mídias tem provocado muitas transformações nas brincadeiras tidas como tradicionais, hoje em dia pode-se observar que tais mudanças provocam profunda influencia nas relações humanas colocando em alguns momentos a criança como indivíduo mais individualista sem essa relação com outro e o meio com essa influência das novas tecnologias que o século XXI trás para sua geração, a infância está perdendo cada vez mais o contato das crianças com os jogos, brincadeiras e brinquedos tradicionais, por conta do novo, ou seja, das novas descobertas, desde muito cedo, e em muitas das vezes sem a supervisão do adulto ou do professor.

As brincadeiras tradicionais vão perdendo seu espaço coletivamente para os novos brinquedos tais como: videogames, computadores, tabletes, televisores, celulares e brinquedos eletrônicos, e passam a ganhar um novo nome de “Redes Sociais”, onde conecta com o mundo globalizado, porem individualmente, e não mais no coletivo.

Diante disso, questiono: qual a influência que a tecnologia tem nas brincadeiras tradicionais? Por meio de um estudo bibliográfico, com base em textos, livros, reportagens que discorrem sobre o tema, propõem abordar sobre: a) Como o brincar tem sofrido modificações com as novas tecnologias; b) A importância da brincadeira tradicional no desenvolvimento da criança com outro e o meio; c) Algumas contribuições pedagógicas como possibilidades de intervenções entre a tecnologia e as brincadeiras tradicionais.

Concluo, com base nos estudos efetuados, que as brincadeiras tradicionais são muito importantes no desenvolvimento da criança, e como o avanço da tecnologia, desde que estejam intermediados por um adulto pode ter seu aproveito significativo no desenvolvimento e na aprendizagem da criança.


Deixe uma resposta


Desenvolvido pela Quanta Comunicação