Demétrio De Azeredo Soster & Mara Rovida (Orgs.) – Narrativas Midiáticas Contemporâneas

Quinto livro da Rede de Pesquisa em Narrativas Midiáticas Contemporâneas (Renami), este volume chega de forma vocacionada

Demétrio De Azeredo Soster & Mara Rovida (Orgs.) – Narrativas Midiáticas Contemporâneas: Perspectivas Protagonistas

Quinto livro da Rede de Pesquisa em Narrativas Midiáticas Contemporâneas (Renami), este volume chega de forma vocacionada, apontando para o que, nas pesquisas e práticas em torno das narrativas, aponta para as mudanças protagonísticas.

Como é de hábito nas publicações da Renami nos últimos cinco anos, a percepção dos lugares ocupados pelas discussões em torno das narrativas é o que determina nossas angulações.

Ou seja, o “momento” temático em que nos encontramos; no caso deste e-book, a percepção de que as narrativas midiáticas contemporâneas, como estruturadoras de inteligibilidade social, apontam, com cada vez mais clareza, também, para aquilo que, de forma protagonista, transforma.

É dizer, por outras palavras, que, mesmo estando imersos em um dos momentos mais obscuros e tristes da história recente do país, o que nos afeta de muitas e distintas formas, também vislumbramos, com a mesma clareza, movimentos que, ao se adiantarem aos demais, fazem-no de forma protagonista.

E o fazem de forma narrativa; afinal, o que é narrar senão dar sentido à realidade?

Compreendemos, portanto, protagonismo como tudo aquilo que, ao mudar a realidade em que se insere, transforma, para melhor, esta mesma realidade e o que se diz dela.

E foi pensando nisso, também que convidamos, para escrever o prefácio dessa obra, Cremilda Medina, cuja produção científica e jornalística tem permeado, e impactado, sobremaneira os fazeres na academia e na comunicação social nos últimos 40 anos.

Mais que uma referência nos estudos da comunicação, especialmente no jornalismo, Cremilda tem nos ajudado a encontrar pistas narrativas (ou narradas) da pluralidade, polifonia e polissemia que caracterizam a sociedade contemporânea.

Para ela, os protagonismos postos em diálogo por autores, cientistas e comunicadores, têm potencial de transformação social, ainda que essas interações apreendam, além de concordâncias, o contraditório e conflito.

No mais, é desejar longevidade e vigor à Renami; sobretudo, que sempre tenhamos o que dizer e que este dito represente, mais que palavras, a tradução, senão precisa, próxima, de um mundo melhor porque em constante e sadia transformação.”


Deixe uma resposta

Demétrio De Azeredo Soster & Mara Rovida (Orgs.) – Narrativas Midiáticas Contemporâneas

Quinto livro da Rede de Pesquisa em Narrativas Midiáticas Contemporâneas (Renami), este volume chega de forma vocacionada

Demétrio De Azeredo Soster & Mara Rovida (Orgs.) - Narrativas Midiáticas Contemporâneas: Perspectivas Protagonistas

Quinto livro da Rede de Pesquisa em Narrativas Midiáticas Contemporâneas (Renami), este volume chega de forma vocacionada, apontando para o que, nas pesquisas e práticas em torno das narrativas, aponta para as mudanças protagonísticas.

Como é de hábito nas publicações da Renami nos últimos cinco anos, a percepção dos lugares ocupados pelas discussões em torno das narrativas é o que determina nossas angulações.

Ou seja, o “momento” temático em que nos encontramos; no caso deste e-book, a percepção de que as narrativas midiáticas contemporâneas, como estruturadoras de inteligibilidade social, apontam, com cada vez mais clareza, também, para aquilo que, de forma protagonista, transforma.

É dizer, por outras palavras, que, mesmo estando imersos em um dos momentos mais obscuros e tristes da história recente do país, o que nos afeta de muitas e distintas formas, também vislumbramos, com a mesma clareza, movimentos que, ao se adiantarem aos demais, fazem-no de forma protagonista.

E o fazem de forma narrativa; afinal, o que é narrar senão dar sentido à realidade?

Compreendemos, portanto, protagonismo como tudo aquilo que, ao mudar a realidade em que se insere, transforma, para melhor, esta mesma realidade e o que se diz dela.

E foi pensando nisso, também que convidamos, para escrever o prefácio dessa obra, Cremilda Medina, cuja produção científica e jornalística tem permeado, e impactado, sobremaneira os fazeres na academia e na comunicação social nos últimos 40 anos.

Mais que uma referência nos estudos da comunicação, especialmente no jornalismo, Cremilda tem nos ajudado a encontrar pistas narrativas (ou narradas) da pluralidade, polifonia e polissemia que caracterizam a sociedade contemporânea.

Para ela, os protagonismos postos em diálogo por autores, cientistas e comunicadores, têm potencial de transformação social, ainda que essas interações apreendam, além de concordâncias, o contraditório e conflito.

No mais, é desejar longevidade e vigor à Renami; sobretudo, que sempre tenhamos o que dizer e que este dito represente, mais que palavras, a tradução, senão precisa, próxima, de um mundo melhor porque em constante e sadia transformação.”


Deixe uma resposta


Desenvolvido pela Quanta Comunicação