Deisimer Gorczevski & Outros (Orgs.) – Nossas Ruas Com Cinema

O Cineclube Ser Ver Luz é um desdobramento das experiências singulares e coletivas que os jovens vivenciam desde 2009, no bairro Serviluz, em Fortaleza.

Deisimer Gorczevski & Outros (Orgs.) – Nossas Ruas Com Cinema: Cine Ser Ver Luz

O Cineclube Ser Ver Luz é um desdobramento das experiências singulares e coletivas que os jovens integrantes da Associação dos Moradores do Titanzinho vivenciam desde 2009, no bairro Serviluz, em Fortaleza.

Com a realização da I Mostra AudioVisual do Titanzinho, em 2011, alguns participantes e colaboradores da Pesquisa In(ter)venções AudioVisuais com Juventudes da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Associação dos Moradores retomaram o gosto e as experiências em criação, produção, edição e, sobretudo, nas exibições audiovisuais.

Após a realização da II Mostra, em 2013, os jovens decidiram formar o Coletivo AudioVisual do Titanzinho, que hoje compõe a frente das intervenções no bairro. Nesse processo ressurge a proposta de criação de um cineclube, e com ele a pesquisa Coletivo AudioVisual do Titanzinho – Cine Ser Ver Luz, no Laboratório Artes e Micropolíticas Urbanas (LAMUR), na UFC, entendendo a relação entre o cinema, o bairro, a pesquisa e a intervenção como possibilidades de inventar outros modos de produção como também de conhecimento.

O Cine Ser Ver Luz inicia suas ações com o desejo de ampliar os espaços de criação e exibição audiovisual, primeiramente produzindo vídeos com as ruas São José e General Titan, e apresentando-os aos moradores.

Com essas primeiras experiências e a realização das Mostras AudioVisuais, o Coletivo decide apresentar o projeto Cineclube Ser Ver Luz ao Edital de Cinema e Vídeo da Secult – CE, em 2014. Com a aprovação do projeto, em 2015, realizamos um conjunto de dez sessões temáticas – Memória, Direito à Cidade, MarIntimidade, Arte Urbana, Juventudes, Arte e Natureza, Democracia e Diversidade, Interior, Afeto e Amizade e Comunicação e Tecnologias.

A programação das sessões envolveu a escolha de filmes internacionais, nacionais, regionais e da produção cearense, bem como documentários, vídeos e curtas, no sentido de promover a cultura audiovisual local, regional e brasileira. Além disso, as sessões possibilitaram momentos de encontro, debate e lazer com as ruas, as praças, a praia e o farol, espaços de convivência partilhados por crianças, jovens e idosos que vivem no Serviluz e em outros bairros da cidade.


Deixe uma resposta

Deisimer Gorczevski & Outros (Orgs.) – Nossas Ruas Com Cinema

O Cineclube Ser Ver Luz é um desdobramento das experiências singulares e coletivas que os jovens vivenciam desde 2009, no bairro Serviluz, em Fortaleza.

Deisimer Gorczevski & Outros (Orgs.) - Nossas Ruas Com Cinema: Cine Ser Ver Luz

O Cineclube Ser Ver Luz é um desdobramento das experiências singulares e coletivas que os jovens integrantes da Associação dos Moradores do Titanzinho vivenciam desde 2009, no bairro Serviluz, em Fortaleza.

Com a realização da I Mostra AudioVisual do Titanzinho, em 2011, alguns participantes e colaboradores da Pesquisa In(ter)venções AudioVisuais com Juventudes da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Associação dos Moradores retomaram o gosto e as experiências em criação, produção, edição e, sobretudo, nas exibições audiovisuais.

Após a realização da II Mostra, em 2013, os jovens decidiram formar o Coletivo AudioVisual do Titanzinho, que hoje compõe a frente das intervenções no bairro. Nesse processo ressurge a proposta de criação de um cineclube, e com ele a pesquisa Coletivo AudioVisual do Titanzinho – Cine Ser Ver Luz, no Laboratório Artes e Micropolíticas Urbanas (LAMUR), na UFC, entendendo a relação entre o cinema, o bairro, a pesquisa e a intervenção como possibilidades de inventar outros modos de produção como também de conhecimento.

O Cine Ser Ver Luz inicia suas ações com o desejo de ampliar os espaços de criação e exibição audiovisual, primeiramente produzindo vídeos com as ruas São José e General Titan, e apresentando-os aos moradores.

Com essas primeiras experiências e a realização das Mostras AudioVisuais, o Coletivo decide apresentar o projeto Cineclube Ser Ver Luz ao Edital de Cinema e Vídeo da Secult – CE, em 2014. Com a aprovação do projeto, em 2015, realizamos um conjunto de dez sessões temáticas – Memória, Direito à Cidade, MarIntimidade, Arte Urbana, Juventudes, Arte e Natureza, Democracia e Diversidade, Interior, Afeto e Amizade e Comunicação e Tecnologias.

A programação das sessões envolveu a escolha de filmes internacionais, nacionais, regionais e da produção cearense, bem como documentários, vídeos e curtas, no sentido de promover a cultura audiovisual local, regional e brasileira. Além disso, as sessões possibilitaram momentos de encontro, debate e lazer com as ruas, as praças, a praia e o farol, espaços de convivência partilhados por crianças, jovens e idosos que vivem no Serviluz e em outros bairros da cidade.


Deixe uma resposta