David Goodis – Atire No Pianista

Eddie vem de uma tradicional família de marginais. Mas conseguiu escapar ao que parecia ser um destino inevitável e chegou a se apresentar como pianista clássico em teatros do calibre do Carnegie Hall de Nova York. Mas as coisas deram errado, e ele acabou em um bar suspeito na Filadélfia, tocando para bêbados e perdidos. Até que duas pessoas entram em sua vida medíocre porém segura: uma delas, prometendo-lhe um futuro. A outra, tentando arrastá-lo de volta a um passado perigoso.
Publicado originalmente em 1956, sob o título de Down there, este romance é considerado por muitos a obra-prima do norte-americano David Goodis (1917-1967), um dos mestres da literatura noir ao lado de Dashiell Hammett, Raymond Chandler, Chester Himes e Ross Macdonald. Poucos autores mergulharam como ele na alma e no sofrimento dos excluídos, marginais e demais figurantes dos ambientes sórdidos e miseráveis que compõem o lado escuro do sonho americano. Com um enredo ao mesmo tempo simples e vertiginoso, Goodis prende o leitor do início ao fim desse romance sobre lealdade, paixão e destino.


Deixe uma resposta

David Goodis – Atire No Pianista

Eddie vem de uma tradicional família de marginais. Mas conseguiu escapar ao que parecia ser um destino inevitável e chegou a se apresentar como pianista clássico em teatros do calibre do Carnegie Hall de Nova York. Mas as coisas deram errado, e ele acabou em um bar suspeito na Filadélfia, tocando para bêbados e perdidos. Até que duas pessoas entram em sua vida medíocre porém segura: uma delas, prometendo-lhe um futuro. A outra, tentando arrastá-lo de volta a um passado perigoso.
Publicado originalmente em 1956, sob o título de Down there, este romance é considerado por muitos a obra-prima do norte-americano David Goodis (1917-1967), um dos mestres da literatura noir ao lado de Dashiell Hammett, Raymond Chandler, Chester Himes e Ross Macdonald. Poucos autores mergulharam como ele na alma e no sofrimento dos excluídos, marginais e demais figurantes dos ambientes sórdidos e miseráveis que compõem o lado escuro do sonho americano. Com um enredo ao mesmo tempo simples e vertiginoso, Goodis prende o leitor do início ao fim desse romance sobre lealdade, paixão e destino.


Deixe uma resposta


Desenvolvido pela Quanta Comunicação