Cristiane Olinda Perinazzo Ceconi Signor – Contos Fantásticos E Fanfics

Contos Fantásticos E Fanfics põe em movimento e ação algumas das questões que acompanham as pesquisas acadêmicas contemporâneas.

Cristiane Olinda Perinazzo Ceconi Signor – Contos Fantásticos E Fanfics: Multiletramentos Na Formação De Leitores Do Século XXI

Contos Fantásticos E Fanfics revela o resultado de uma pesquisa-ação que se inspirou na proposta de letramento literário de Rildo Cosson, na leitura subjetiva de Annie Rouxel, no protótipo de Roxane Rojo e na proposta de reescrita textual de Eliana Ruiz para instigar alunos adolescentes a lerem literatura por meio do gênero conto e além da leitura enquanto experimentação estética, foram estimulados a produzir a partir dessa atividade, outro gênero, agora das mídias digitais, as fanfictions, com a finalidade de desenvolverem suas competências comunicativas, os processos de autoria ativa e crítica, bem como, os procedimentos específicos do letramento digital, exigência do leitor do tempo atual.

Em Contos Fantásticos E Fanfics: Multiletramentos Na Formação De Leitores Do Século XXI, Cristiane O. P. C. Signor põe em movimento e ação algumas das questões que acompanham as pesquisas acadêmicas contemporâneas e o dia a dia docente; são pontos fundamentais à formação de discentes para olhar, entender e intervir no mundo que nos rodeia e na prática social, valores preconizados, inclusive por nossa Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB).

A pesquisadora alia as famigeradas teoria e prática, subsidiando o processo com conceitos robustos e uma proposta de produção inovadora, desenvolvida em salas de aula do sistema público de educação.

A construção coletiva, por parte de estudantes, faz com que as aulas de literatura consigam ir além da simples leitura; alunos e alunas, participantes desta pesquisa, por meio do texto literário, em profunda conexão com o local e o global, sedimentam um caminho de pertencimento e intervenção, em direção ao exercício de autoria crítica e ativa. Este é o ponto fulcral da intersecção entre formação escolar e cidadania, em seu sentido mais amplo – e urgente.

Deste modo, por meio da aplicação prática, direta e ligada à realidade discente, aliada à teoria acadêmica e à produção artístico-literária, Cristiane consegue, pelos percursos dos multiletramentos, contribuir com o processo de formação de leitores e leitoras que não mais apenas recebem a experiência estética, mas a vivem e a transformam.


Deixe uma resposta

Cristiane Olinda Perinazzo Ceconi Signor – Contos Fantásticos E Fanfics

Contos Fantásticos E Fanfics põe em movimento e ação algumas das questões que acompanham as pesquisas acadêmicas contemporâneas.

Cristiane Olinda Perinazzo Ceconi Signor - Contos Fantásticos E Fanfics: Multiletramentos Na Formação De Leitores Do Século XXI

Contos Fantásticos E Fanfics revela o resultado de uma pesquisa-ação que se inspirou na proposta de letramento literário de Rildo Cosson, na leitura subjetiva de Annie Rouxel, no protótipo de Roxane Rojo e na proposta de reescrita textual de Eliana Ruiz para instigar alunos adolescentes a lerem literatura por meio do gênero conto e além da leitura enquanto experimentação estética, foram estimulados a produzir a partir dessa atividade, outro gênero, agora das mídias digitais, as fanfictions, com a finalidade de desenvolverem suas competências comunicativas, os processos de autoria ativa e crítica, bem como, os procedimentos específicos do letramento digital, exigência do leitor do tempo atual.

Em Contos Fantásticos E Fanfics: Multiletramentos Na Formação De Leitores Do Século XXI, Cristiane O. P. C. Signor põe em movimento e ação algumas das questões que acompanham as pesquisas acadêmicas contemporâneas e o dia a dia docente; são pontos fundamentais à formação de discentes para olhar, entender e intervir no mundo que nos rodeia e na prática social, valores preconizados, inclusive por nossa Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB).

A pesquisadora alia as famigeradas teoria e prática, subsidiando o processo com conceitos robustos e uma proposta de produção inovadora, desenvolvida em salas de aula do sistema público de educação.

A construção coletiva, por parte de estudantes, faz com que as aulas de literatura consigam ir além da simples leitura; alunos e alunas, participantes desta pesquisa, por meio do texto literário, em profunda conexão com o local e o global, sedimentam um caminho de pertencimento e intervenção, em direção ao exercício de autoria crítica e ativa. Este é o ponto fulcral da intersecção entre formação escolar e cidadania, em seu sentido mais amplo – e urgente.

Deste modo, por meio da aplicação prática, direta e ligada à realidade discente, aliada à teoria acadêmica e à produção artístico-literária, Cristiane consegue, pelos percursos dos multiletramentos, contribuir com o processo de formação de leitores e leitoras que não mais apenas recebem a experiência estética, mas a vivem e a transformam.


Deixe uma resposta


Desenvolvido pela Quanta Comunicação