César Evangelista Fernandes Bressanin & Outros (Orgs.) – Educação No Cerrado E Na Amazônia

Em cada capítulo um pouco do Cerrado ou da Amazônia, da Educação, da História e da Cultura de duas regiões marcantes de nosso Brasil.

César Evangelista Fernandes Bressanin, José Maria Baldino & Maria Zeneide Carneiro Magalhães De Almeida (Orgs.) – Educação No Cerrado E Na Amazônia: História, Memória E Cultura Em Diferentes Espaços Sociais

O presente livro que o leitor tem em suas mãos, intitulado Educação No Cerrado E Na Amazônia: História, Memória E Cultura Em Diferentes Espaços Sociais, integra a linha editorial do Diretório/Grupo de Pesquisa/CNPq “Educação, História, Memória e Cultura em diferentes espaços sociais-HISTEDBR” (EHMCES), cadastrado junto à CAPES, à Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação e vinculado ao Programa de Pós-graduação em Educação da Pontifícia Universidade Católica de Goiás.

Como as demais obras já publicadas pelo Diretório EHMCES, este livro resulta da considerável diversidade de estudos e pesquisas de estudantes, professores e pesquisadores com experiências significativas em pesquisas históricas e educacionais na vasta região territorial e social que compreende os biomas do Cerrado e da Amazônia.

As produções investigativas estão organizadas em duas seções e totalizam vinte e dois capítulos que se apresentam como fragmentos da imensurável riqueza do panorama da História da Educação em cenários pontuais do “Sertão Serrado”, como expressou o Documentário da Comissão Pastoral da Terra de 2016, e da Amazônia Legal.

A primeira seção “EDUCAÇÃO, HISTÓRIA, MEMÓRIA E CULTURA NO CERRADO E NA AMAZÔNIA” engloba dezesseis capítulos que abordam interessantes temáticas e tecem um mosaico de investigações que adentram o campo das instituições escolares, do currículo, dos manuais didáticos, da educação escolar indígena e quilombola, da cultura escolar, da poesia, das relações étnico-raciais, das populações sertanejas do Cerrado e da Amazônia e suas respectivas culturas.

A segunda seção “EDUCAÇÃO, HISTÓRIA, MEMÓRIA E CULTURA EM DIFERENTES ESPAÇOS SOCIAIS” apresenta seis capítulos que desenvolvem estudos, pesquisas e escritos com temáticas que elucidam reflexões, práticas e saberes diversos.

Em cada capítulo um pouco do Cerrado ou da Amazônia, da Educação, da História e da Cultura de duas regiões marcantes de nosso Brasil.


Deixe uma resposta

César Evangelista Fernandes Bressanin & Outros (Orgs.) – Educação No Cerrado E Na Amazônia

Em cada capítulo um pouco do Cerrado ou da Amazônia, da Educação, da História e da Cultura de duas regiões marcantes de nosso Brasil.

César Evangelista Fernandes Bressanin, José Maria Baldino & Maria Zeneide Carneiro Magalhães De Almeida (Orgs.) - Educação No Cerrado E Na Amazônia: História, Memória E Cultura Em Diferentes Espaços Sociais

O presente livro que o leitor tem em suas mãos, intitulado Educação No Cerrado E Na Amazônia: História, Memória E Cultura Em Diferentes Espaços Sociais, integra a linha editorial do Diretório/Grupo de Pesquisa/CNPq “Educação, História, Memória e Cultura em diferentes espaços sociais-HISTEDBR” (EHMCES), cadastrado junto à CAPES, à Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação e vinculado ao Programa de Pós-graduação em Educação da Pontifícia Universidade Católica de Goiás.

Como as demais obras já publicadas pelo Diretório EHMCES, este livro resulta da considerável diversidade de estudos e pesquisas de estudantes, professores e pesquisadores com experiências significativas em pesquisas históricas e educacionais na vasta região territorial e social que compreende os biomas do Cerrado e da Amazônia.

As produções investigativas estão organizadas em duas seções e totalizam vinte e dois capítulos que se apresentam como fragmentos da imensurável riqueza do panorama da História da Educação em cenários pontuais do “Sertão Serrado”, como expressou o Documentário da Comissão Pastoral da Terra de 2016, e da Amazônia Legal.

A primeira seção “EDUCAÇÃO, HISTÓRIA, MEMÓRIA E CULTURA NO CERRADO E NA AMAZÔNIA” engloba dezesseis capítulos que abordam interessantes temáticas e tecem um mosaico de investigações que adentram o campo das instituições escolares, do currículo, dos manuais didáticos, da educação escolar indígena e quilombola, da cultura escolar, da poesia, das relações étnico-raciais, das populações sertanejas do Cerrado e da Amazônia e suas respectivas culturas.

A segunda seção “EDUCAÇÃO, HISTÓRIA, MEMÓRIA E CULTURA EM DIFERENTES ESPAÇOS SOCIAIS” apresenta seis capítulos que desenvolvem estudos, pesquisas e escritos com temáticas que elucidam reflexões, práticas e saberes diversos.

Em cada capítulo um pouco do Cerrado ou da Amazônia, da Educação, da História e da Cultura de duas regiões marcantes de nosso Brasil.


Deixe uma resposta


Desenvolvido pela Quanta Comunicação