Caroline Rezende Dos Reis & Outros – Guia Prático LET US Play

O objetivo deste guia prático é apresentar novas maneiras de organizar e brincar com jogos tradicionais, aplicando os princípios LET US Play.

Caroline Rezende Dos Reis, lgor Joaquim Oliveira Silva, Christianne De Faria Coelho-Ravagnani & Fabricio Cesar De Paula Ravagnani – Guia Prático LET US Play: Estratégias Para Maximizar A Atividade Física Nas Aulas De Educação Física Escolar

São muitos os benefícios da prática de atividade física na adolescência, alcançados, também, por meio da Educação Física Escolar. Entretanto, nem sempre os estudantes se mostram interessados e motivados para as aulas que, por sua vez, estão cada vez menos ativas.

O objetivo deste guia prático é apresentar novas maneiras de organizar e brincar com jogos tradicionais, aplicando os princípios LET US Play.

A estratégia LET US Play é simples e pode ser utilizada em qualquer contexto prático de atividade física, seja nas aulas de Educação Física, seja em escolinhas de preparação esportiva. Basta identificar e modificar as barreiras primárias para a prática de atividade física, como as filas, a eliminação, o tamanho das equipes, o envolvimento dos participantes, a disposição e a disponibilidade de equipamentos e espaço e as regras dos jogos. O objetivo final é oportunizar maior tempo e intensidade de prática de atividade física durante as brincadeiras.

A estratégia LET US Play, com sua tradução livre “vamos jogar”, foi desenvolvida nos Estado Unidos, por Glenn Weaver e seus colaboradores, em 2013.

Destina-se a maximizar a atividade física, principalmente aquelas de intensidade moderado-vigorosa, de crianças e adolescentes, propondo a modificação de esportes, brincadeiras e jogos tradicionais em ações livres e direcionadas.

Seus criadores afirmam que ela pode ser usada em diversas configurações, inclusive nas aulas de Educação Física Escolar.

A partir de 2017, a estratégia começou a ser difundida entre profissionais da área de Educação Física no Brasil, por meio de minicursos presenciais, ministrados por Coelho-Ravagnani e Ravagnani.

Além da abordagem LET US Play, os pesquisadores trataram de temas como recomendações e atual cenário da prática de atividade física para população infantojuvenil e definição de conceitos da área.


Deixe uma resposta

Caroline Rezende Dos Reis & Outros – Guia Prático LET US Play

O objetivo deste guia prático é apresentar novas maneiras de organizar e brincar com jogos tradicionais, aplicando os princípios LET US Play.

Caroline Rezende Dos Reis, lgor Joaquim Oliveira Silva, Christianne De Faria Coelho-Ravagnani & Fabricio Cesar De Paula Ravagnani - Guia Prático LET US Play: Estratégias Para Maximizar A Atividade Física Nas Aulas De Educação Física Escolar

São muitos os benefícios da prática de atividade física na adolescência, alcançados, também, por meio da Educação Física Escolar. Entretanto, nem sempre os estudantes se mostram interessados e motivados para as aulas que, por sua vez, estão cada vez menos ativas.

O objetivo deste guia prático é apresentar novas maneiras de organizar e brincar com jogos tradicionais, aplicando os princípios LET US Play.

A estratégia LET US Play é simples e pode ser utilizada em qualquer contexto prático de atividade física, seja nas aulas de Educação Física, seja em escolinhas de preparação esportiva. Basta identificar e modificar as barreiras primárias para a prática de atividade física, como as filas, a eliminação, o tamanho das equipes, o envolvimento dos participantes, a disposição e a disponibilidade de equipamentos e espaço e as regras dos jogos. O objetivo final é oportunizar maior tempo e intensidade de prática de atividade física durante as brincadeiras.

A estratégia LET US Play, com sua tradução livre “vamos jogar”, foi desenvolvida nos Estado Unidos, por Glenn Weaver e seus colaboradores, em 2013.

Destina-se a maximizar a atividade física, principalmente aquelas de intensidade moderado-vigorosa, de crianças e adolescentes, propondo a modificação de esportes, brincadeiras e jogos tradicionais em ações livres e direcionadas.

Seus criadores afirmam que ela pode ser usada em diversas configurações, inclusive nas aulas de Educação Física Escolar.

A partir de 2017, a estratégia começou a ser difundida entre profissionais da área de Educação Física no Brasil, por meio de minicursos presenciais, ministrados por Coelho-Ravagnani e Ravagnani.

Além da abordagem LET US Play, os pesquisadores trataram de temas como recomendações e atual cenário da prática de atividade física para população infantojuvenil e definição de conceitos da área.


Deixe uma resposta


Desenvolvido pela Quanta Comunicação