Benedito Gonçalves Eugênio & Outros (Orgs.) – Etnicidades, Gênero E Educação

Etnicidades, Gênero E Educação reflete sobre as relações étnico-raciais e os processos de (contra)mestiçagem em diferentes contextos.

Benedito Gonçalves Eugênio, José Valdir Jesus De Santana & Maria De Fátima De Andrade Ferreira (Orgs.) – Etnicidades, Gênero E Educação: Olhares Plurais

Esta obra, composta por três partes que oferecemos aos leitores no conjunto de dez capítulos que, entre eles, apesar da heterogeneidade teórico-metodológica, há muitos elos e carregam consigo uma potente discussão e uma bela história de parcerias entre professores e pesquisadores, que se formou através de encontros para trocas de saberes e conhecimentos sobre a diversidade e a diferença, debates sobre etnicidades, gênero e educação.

Esse encontro que se deu por modos de pensar, experimentar, pesquisar e socializar conhecimentos, considerando suas aproximações epistemológicas, teórico-metodológicas e conceituais sobre relações étnico-raciais e relações de gênero em movimentos sociais e artísticoculturais, comunidades indígenas e quilombolas, movimentos negros e afroindígenas, problematizações sobre a escola de educação básica, desde a infantil, àquelas que se referem ao ensino em escolas de comunidades indígenas do Sul da Bahia, a didática escolar pataxó.

Além disso, traz narrativas sobre a escolarização de jovens negros quilombolas, de encontros com grupo de pessoas que se autodeclaram afroindígenas e produzem resistências políticas e busca novos caminhos para a discussão de Direitos Humanos, diversidades e etnicidades, tratando de polifonia, saberes e pluriepistemologias para além do chão da escola.

O livro é fruto da participação dos autores em Rede e Grupos de Pesquisa, parcerias de professores pesquisadores de Universidades brasileiras e Universidade de Porto, Portugal. Tecendo fios, enovelando conhecimentos que se desnovelam quando necessário para criar espaços de reflexão de alta qualidade e que tem a intenção de propiciar amadurecimento sobre as questões colocadas pelos autores, através de estudos envolvidos pelo reconhecimento das relações assimétricas de gênero, relações étnicoraciais e educação, desbravando fronteiras, mais explicitamente, sobre etnicidades, gênero e educação.

Buscar novas trilhas, novos caminhos de discussão e olhares plurais sobre Etnicidades, gênero e educação onde as zonas de contato entre europeus, indígenas, negros se formaram numa multiplicidade de trocas de saberes, a etnicidade, a identidade, a alteridade, a igualdade, a diferença e educação de crianças, educação indígena, escolarização de jovens quilombolas, tratam de levantar discussões que experimentam uma significativa trajetória, consideradas aqui como uma possibilidade de oferecer aos leitores uma produção de textos que se entrelaçam, buscando confluências sobre os temas em questão.

Clique para
Baixar o PDF

Deixe uma resposta

Benedito Gonçalves Eugênio & Outros (Orgs.) – Etnicidades, Gênero E Educação

Etnicidades, Gênero E Educação reflete sobre as relações étnico-raciais e os processos de (contra)mestiçagem em diferentes contextos.

Benedito Gonçalves Eugênio, José Valdir Jesus De Santana & Maria De Fátima De Andrade Ferreira (Orgs.) - Etnicidades, Gênero E Educação: Olhares Plurais

Esta obra, composta por três partes que oferecemos aos leitores no conjunto de dez capítulos que, entre eles, apesar da heterogeneidade teórico-metodológica, há muitos elos e carregam consigo uma potente discussão e uma bela história de parcerias entre professores e pesquisadores, que se formou através de encontros para trocas de saberes e conhecimentos sobre a diversidade e a diferença, debates sobre etnicidades, gênero e educação.

Esse encontro que se deu por modos de pensar, experimentar, pesquisar e socializar conhecimentos, considerando suas aproximações epistemológicas, teórico-metodológicas e conceituais sobre relações étnico-raciais e relações de gênero em movimentos sociais e artísticoculturais, comunidades indígenas e quilombolas, movimentos negros e afroindígenas, problematizações sobre a escola de educação básica, desde a infantil, àquelas que se referem ao ensino em escolas de comunidades indígenas do Sul da Bahia, a didática escolar pataxó.

Além disso, traz narrativas sobre a escolarização de jovens negros quilombolas, de encontros com grupo de pessoas que se autodeclaram afroindígenas e produzem resistências políticas e busca novos caminhos para a discussão de Direitos Humanos, diversidades e etnicidades, tratando de polifonia, saberes e pluriepistemologias para além do chão da escola.

O livro é fruto da participação dos autores em Rede e Grupos de Pesquisa, parcerias de professores pesquisadores de Universidades brasileiras e Universidade de Porto, Portugal. Tecendo fios, enovelando conhecimentos que se desnovelam quando necessário para criar espaços de reflexão de alta qualidade e que tem a intenção de propiciar amadurecimento sobre as questões colocadas pelos autores, através de estudos envolvidos pelo reconhecimento das relações assimétricas de gênero, relações étnicoraciais e educação, desbravando fronteiras, mais explicitamente, sobre etnicidades, gênero e educação.

Buscar novas trilhas, novos caminhos de discussão e olhares plurais sobre Etnicidades, gênero e educação onde as zonas de contato entre europeus, indígenas, negros se formaram numa multiplicidade de trocas de saberes, a etnicidade, a identidade, a alteridade, a igualdade, a diferença e educação de crianças, educação indígena, escolarização de jovens quilombolas, tratam de levantar discussões que experimentam uma significativa trajetória, consideradas aqui como uma possibilidade de oferecer aos leitores uma produção de textos que se entrelaçam, buscando confluências sobre os temas em questão.

Clique para
Baixar o PDF

Deixe uma resposta


Desenvolvido pela Quanta Comunicação