Antonio R. Esteves & Cleide Antonia Rapucci (Orgs.) – Vertentes Do Insólito E Do Fantástico

O presente volume reúne textos que oferecem uma visão panorâmica das “vertentes do fantástico”, do mágico, do maravilhoso, do insólito.

Antonio R. Esteves & Cleide Antonia Rapucci (Orgs.) – Vertentes Do Insólito E Do Fantástico: Leituras

Entre 13 e 16 de maio de 2013, foi realizado o III Colóquio Vertentes do fantástico na literatura na Faculdade de Ciências e Letras, UNESP – Câmpus de Assis. Trata-se do terceiro evento realizado pelo Grupo de Pesquisa, cadastrado no CNPq, “Vertentes do fantástico na literatura”. O primeiro realizou-se em 2009 na FCL – UNESP – Araraquara e o segundo foi realizado em 2011, no IBILCE – UNESP – São José do Rio Preto.

O III Colóquio Vertentes do fantástico na literatura, seguindo a trajetória dos anteriores, congregou pesquisadores de vários pontos do país que se dedicam a esse tema. A estrutura do evento, centralizando as discussões em mesas redondas temáticas, conferências plenárias e sessões de comunicações, permitiu a troca de experiências entre pesquisadores, com o aprimoramento de referencial teórico e ampliação do corpus de estudo.

O presente volume reúne textos que, a partir da uma visão particular de cada um, oferecem uma visão panorâmica das “vertentes do fantástico”, do mágico, do maravilhoso, do insólito, enfim, como se manifesta em obras de várias modalidades, diversas manifestações culturais e artísticas, em especial a literaturas. Trata-se de um passeio que inclui narrativas brasileiras, especialmente dos séculos XIX e XX, mas que retomam imagens coloniais, que por sua vez releem imagens medievais.

Igualmente inclui autores hispano-americanos do período áureo do boom da literatura latino-americana ou europeus contemporâneos, de autoria masculina ou feminina. Perpassam os textos, sem ser objetivo central, reflexões teóricas sobre a as relações entre realidade e fantasia, ente o dito real e o imaginário, que desde tempos imemoriais habitam o pensamento do homem ocidental e suas formas de representar o mundo.

A literatura é, como não poderia deixar de ser, no âmbito em que se desenvolvem as pesquisas, o ponto de partida. O livro reúne, no entanto, ensaios de variados espectros, desde leituras exclusivamente literárias, discutindo a construção do texto literário, até contrapontos entre a literatura e outras áreas, como a filosofia, a história, o cinema, as artes gráficas.

Assim, podemos ter a discussão de um procedimento formal em um conto de Machado de Assis ou a leitura em contraponto entre um romance pouco conhecido de um obscuro escritor francês relido por um cineasta universal como Pedro Almodóvar.


Deixe uma resposta

Antonio R. Esteves & Cleide Antonia Rapucci (Orgs.) – Vertentes Do Insólito E Do Fantástico

O presente volume reúne textos que oferecem uma visão panorâmica das “vertentes do fantástico”, do mágico, do maravilhoso, do insólito.

Antonio R. Esteves & Cleide Antonia Rapucci (Orgs.) - Vertentes Do Insólito E Do Fantástico: Leituras

Entre 13 e 16 de maio de 2013, foi realizado o III Colóquio Vertentes do fantástico na literatura na Faculdade de Ciências e Letras, UNESP – Câmpus de Assis. Trata-se do terceiro evento realizado pelo Grupo de Pesquisa, cadastrado no CNPq, “Vertentes do fantástico na literatura”. O primeiro realizou-se em 2009 na FCL – UNESP – Araraquara e o segundo foi realizado em 2011, no IBILCE – UNESP – São José do Rio Preto.

O III Colóquio Vertentes do fantástico na literatura, seguindo a trajetória dos anteriores, congregou pesquisadores de vários pontos do país que se dedicam a esse tema. A estrutura do evento, centralizando as discussões em mesas redondas temáticas, conferências plenárias e sessões de comunicações, permitiu a troca de experiências entre pesquisadores, com o aprimoramento de referencial teórico e ampliação do corpus de estudo.

O presente volume reúne textos que, a partir da uma visão particular de cada um, oferecem uma visão panorâmica das “vertentes do fantástico”, do mágico, do maravilhoso, do insólito, enfim, como se manifesta em obras de várias modalidades, diversas manifestações culturais e artísticas, em especial a literaturas. Trata-se de um passeio que inclui narrativas brasileiras, especialmente dos séculos XIX e XX, mas que retomam imagens coloniais, que por sua vez releem imagens medievais.

Igualmente inclui autores hispano-americanos do período áureo do boom da literatura latino-americana ou europeus contemporâneos, de autoria masculina ou feminina. Perpassam os textos, sem ser objetivo central, reflexões teóricas sobre a as relações entre realidade e fantasia, ente o dito real e o imaginário, que desde tempos imemoriais habitam o pensamento do homem ocidental e suas formas de representar o mundo.

A literatura é, como não poderia deixar de ser, no âmbito em que se desenvolvem as pesquisas, o ponto de partida. O livro reúne, no entanto, ensaios de variados espectros, desde leituras exclusivamente literárias, discutindo a construção do texto literário, até contrapontos entre a literatura e outras áreas, como a filosofia, a história, o cinema, as artes gráficas.

Assim, podemos ter a discussão de um procedimento formal em um conto de Machado de Assis ou a leitura em contraponto entre um romance pouco conhecido de um obscuro escritor francês relido por um cineasta universal como Pedro Almodóvar.


Deixe uma resposta


Desenvolvido pela Quanta Comunicação