A Moradora De Wildfell Hall

A Moradora De Wildfell Hall foi escrita pela caçula das irmãs em 1848, há exatos 160 anos, pouco antes de sua morte. A importância do romance vai além das barreiras da literatura, a obra levanta a questão do papel da mulher em plena Inglaterra na Era Vitoriana.
Em uma época onde era considerado inapropriado para uma mulher escrever livros, Anne Brontë concebe um dos primeiros libelos feministas da literatura.
Foi preciso uma jovem, morrendo de tuberculose, para levantar a questão do papel da mulher em uma Inglaterra imersa na Era Vitoriana. A Moradora De Wildfell Hall é considerado um dos primeiros livros a denunciar a submissão feminina na sociedade inglesa.

Para Anne Brontë, autora da obra, a mulher deveria ser dona do próprio destino, o que implica em um novo posicionamento em relação ao homem.
Para a autora, a mulher ideal é Helen, uma decidida jovem que recusa vários pretendentes ao casamento. Ela se apaixona por Arthur Huntingdon, apesar dos protestos de sua tia, com quem mora. Por isso, Helen não está segura de que tomou a decisão certa.
Porém, Helen não ficaria em dúvida por muito tempo, já que, depois de casada, seu marido se mostra propenso a retomar a vida desregrada dos seus tempos de solteiro. Ela se vale da religião para tentar corrigir os hábitos libertinos de Arthur, que por sua vez os justifica como uma espécie de carpe diem. Nesse ínterim, nasce o primeiro filho do casal.
Com a ajuda de Frederick, irmão de Helen, uma fuga é arquitetada e Arthur abandonado. Quando ela se estabelece em Wildfell Hall, todos no vilarejo ficaram especulando quem seria a misteriosa inquilina. Jovem e bonita, porém avessa a atividades sociais, a viúva e o filho despertaram muita curiosidade, falatórios e o interesse do belo Gilbert Markham, um jovem fazendeiro que descobre que Helen Graham é uma pintora de paisagens de grande capacidade. O ar de segredo de Mrs. Graham, contudo, induz o cavalheiro a supor que ela está se escondendo de alguém.

Links para Download

Link Quebrado?

Caso o link não esteja funcionando comente abaixo e tentaremos localizar um novo link para este livro.

Deixe seu comentário

Mais Lidos

Blog

A Moradora De Wildfell Hall

A Moradora De Wildfell Hall foi escrita pela caçula das irmãs em 1848, há exatos 160 anos, pouco antes de sua morte. A importância do romance vai além das barreiras da literatura, a obra levanta a questão do papel da mulher em plena Inglaterra na Era Vitoriana.
Em uma época onde era considerado inapropriado para uma mulher escrever livros, Anne Brontë concebe um dos primeiros libelos feministas da literatura.
Foi preciso uma jovem, morrendo de tuberculose, para levantar a questão do papel da mulher em uma Inglaterra imersa na Era Vitoriana. A Moradora De Wildfell Hall é considerado um dos primeiros livros a denunciar a submissão feminina na sociedade inglesa. Para Anne Brontë, autora da obra, a mulher deveria ser dona do próprio destino, o que implica em um novo posicionamento em relação ao homem.
Para a autora, a mulher ideal é Helen, uma decidida jovem que recusa vários pretendentes ao casamento. Ela se apaixona por Arthur Huntingdon, apesar dos protestos de sua tia, com quem mora. Por isso, Helen não está segura de que tomou a decisão certa.
Porém, Helen não ficaria em dúvida por muito tempo, já que, depois de casada, seu marido se mostra propenso a retomar a vida desregrada dos seus tempos de solteiro. Ela se vale da religião para tentar corrigir os hábitos libertinos de Arthur, que por sua vez os justifica como uma espécie de carpe diem. Nesse ínterim, nasce o primeiro filho do casal.
Com a ajuda de Frederick, irmão de Helen, uma fuga é arquitetada e Arthur abandonado. Quando ela se estabelece em Wildfell Hall, todos no vilarejo ficaram especulando quem seria a misteriosa inquilina. Jovem e bonita, porém avessa a atividades sociais, a viúva e o filho despertaram muita curiosidade, falatórios e o interesse do belo Gilbert Markham, um jovem fazendeiro que descobre que Helen Graham é uma pintora de paisagens de grande capacidade. O ar de segredo de Mrs. Graham, contudo, induz o cavalheiro a supor que ela está se escondendo de alguém.

https://livrandante.com.br/produto/camisa-bicicleta/

Link Quebrado?

Caso o link não esteja funcionando comente abaixo e tentaremos localizar um novo link para este livro.

Deixe seu comentário

Pesquisar

Mais Lidos

Blog