Ana Paula Rodrigues Carvalho – Fascismo E Ensino

Fascismo E Ensino tem por objetivo investigar as narrativas históricas de estudantes do Ensino Médio sobre o conceito de história.

Ana Paula Rodrigues Carvalho – Fascismo E Ensino: uma Investigação Sobre A Empatia Histórica Em Sala De Aula

Fascismo E Ensino: uma Investigação Sobre A Empatia Histórica Em Sala De Aula. Como se não bastasse o título instigante, Ana Paula Rodrigues Carvalho nos apresenta um trabalho que subverte pelo menos dois direcionamentos generalizados na pesquisa em Ciências Humanas, especificamente na área de História e seu ensino.

Ingressa em um campo investigativo, a Educação Histórica, utilizando-se devidamente de suas fundamentações teórico-metodológicas, mas não o reduz, não o limita. Antes, o ultrapassa, o complementa e assim o enriquece.

“Campo”, como articula Bourdieu, é um espaço de legitimação e validação efetivada pelas relações interdependentes entre consenso e dissenso, pelas lutas, pelas classificações sobre o que seria do campo e o que está fora dele.

Mesma coisa quando nos referimos à Educação Histórica, que para ser consolidada contou com um acúmulo de pesquisas grandioso – bom lembrar de Maria Auxiliadora Schmidt e Marlene Cainelli no Brasil –, estabelecendo conceitos, métodos e prismas.

Neste trabalho o leitor poderá averiguar que, empregando autores nunca trabalhados na Educação Histórica, se dinamiza o campo com criatividade e originalidade.

Sim, todo campo corre o risco de saturação, ou seja, nas teses, dissertações e estudos publicados sob a forma de livros, capítulos ou artigos científicos, em trabalhos apresentados em congressos e na bibliografia de cursos universitários, terminamos por visualizar as mesmas referências, os mesmos argumentos e até as mesmas citações.

Fascismo E Ensino tem por objetivo investigar, a partir de um inquérito realizado com trechos de um jornal fascista italiano, as narrativas históricas de estudantes do Ensino Médio sobre o conceito de história, empatia histórica e posicionamento perante as mídias.

Participaram desta pesquisa 82 alunos do Ensino Médio de dois Colégios Estaduais, localizados em Guarapuava/PR. Este estudo se ampara teoricamente no campo de investigação da Educação Histórica, no qual as ideias históricas apresentadas pelos professores e alunos assumem papel determinante para consecução de uma aprendizagem histórica significativa.

Clique para
Baixar o PDF

Deixe uma resposta

Ana Paula Rodrigues Carvalho – Fascismo E Ensino

Fascismo E Ensino tem por objetivo investigar as narrativas históricas de estudantes do Ensino Médio sobre o conceito de história.

Ana Paula Rodrigues Carvalho - Fascismo E Ensino: uma Investigação Sobre A Empatia Histórica Em Sala De Aula

Fascismo E Ensino: uma Investigação Sobre A Empatia Histórica Em Sala De Aula. Como se não bastasse o título instigante, Ana Paula Rodrigues Carvalho nos apresenta um trabalho que subverte pelo menos dois direcionamentos generalizados na pesquisa em Ciências Humanas, especificamente na área de História e seu ensino.

Ingressa em um campo investigativo, a Educação Histórica, utilizando-se devidamente de suas fundamentações teórico-metodológicas, mas não o reduz, não o limita. Antes, o ultrapassa, o complementa e assim o enriquece.

“Campo”, como articula Bourdieu, é um espaço de legitimação e validação efetivada pelas relações interdependentes entre consenso e dissenso, pelas lutas, pelas classificações sobre o que seria do campo e o que está fora dele.

Mesma coisa quando nos referimos à Educação Histórica, que para ser consolidada contou com um acúmulo de pesquisas grandioso – bom lembrar de Maria Auxiliadora Schmidt e Marlene Cainelli no Brasil –, estabelecendo conceitos, métodos e prismas.

Neste trabalho o leitor poderá averiguar que, empregando autores nunca trabalhados na Educação Histórica, se dinamiza o campo com criatividade e originalidade.

Sim, todo campo corre o risco de saturação, ou seja, nas teses, dissertações e estudos publicados sob a forma de livros, capítulos ou artigos científicos, em trabalhos apresentados em congressos e na bibliografia de cursos universitários, terminamos por visualizar as mesmas referências, os mesmos argumentos e até as mesmas citações.

Fascismo E Ensino tem por objetivo investigar, a partir de um inquérito realizado com trechos de um jornal fascista italiano, as narrativas históricas de estudantes do Ensino Médio sobre o conceito de história, empatia histórica e posicionamento perante as mídias.

Participaram desta pesquisa 82 alunos do Ensino Médio de dois Colégios Estaduais, localizados em Guarapuava/PR. Este estudo se ampara teoricamente no campo de investigação da Educação Histórica, no qual as ideias históricas apresentadas pelos professores e alunos assumem papel determinante para consecução de uma aprendizagem histórica significativa.

Clique para
Baixar o PDF

Deixe uma resposta


Desenvolvido pela Quanta Comunicação