Amanda Motta Castro & Outras (Orgs.) – Anais Do I Congresso Internacional Lélia Gonzalez

Amanda Motta Castro, Desirée De Oliveira Pires & Raylene Barbosa Moreira (Orgs.) – Anais Do I Congresso Internacional Lélia Gonzalez

O Grupo de Estudo e Pesquisa Interdisciplinar Lélia Gonzalez tem por objetivo criar, desenvolver e compartilhar pesquisas, estudos e “escrevivências”. Desde 14 de setembro de 2021, dia em que a criação do grupo foi oficializada, construímos caminhos possíveis, diferentes formas de resistir e redes de afeto.

O Grupo, formalmente, possui por objetivo principal a disseminação e a valorização da ciência e dos estudos acadêmicos, mas, sobretudo, compartilha a luta através do afeto. A pesquisa militante é parte do nosso cotidiano e, com isso, reafirmamos que nossos passos vêm de longe.

O Grupo tem como referencial epistemológico as reflexões produzidas pelos feminismos, sobretudo os transatlânticos, a partir das teóricas e teóricos, ativistas e intelectuais comprometidas/os com as formas de luta: anticoloniais, antirracistas, antipatriarcal, antiLGBTfóbicas, antielitistas e antidiscriminatórias.

Vislumbramos diferentes abordagens, análises e reflexões insurgentes, insubmissas de vozes dissidentes, principalmente da América Latina e Caribe. Ao longo desse percurso, trilhamos bonitos caminhos, resistimos e seguiremos frente ao momento sombrio em que se encontra o Brasil.

Esperançamos em tempos de ódio, demos as mãos às diferentes regiões do nosso país e abraçamos companheiras e companheiros de países como Argentina, México, Cuba e Colômbia.

O I Congresso Internacional Lélia Gonzalez: Educação, Movimentos E Esperanças, que aconteceu nos dias 24, 25 e 26 de novembro de 2021, teve como objetivo principal debater questões ligadas aos movimentos sociais, direitos humanos, gênero, desigualdades sociais, violências, educação popular e teorias decoloniais do campo das Ciências Humanas e Sociais.

Pensado e construído a muitas mãos, vislumbramos o encontro de estudantes, docentes e militantes das cinco regiões do Brasil, dialogando também com colegas da Argentina, Colômbia, Cuba, México e Porto Rico.

O congresso foi aberto para todas e todos que compartilharam conosco seus trabalhos, distribuídos em seis Grupos de Trabalho (GTs). Ao todo, foram apresentados oitenta e sete (87) trabalhos, organizados entre os seis GTs.

Clique para
Baixar o PDF

Deixe uma resposta

Amanda Motta Castro & Outras (Orgs.) – Anais Do I Congresso Internacional Lélia Gonzalez

Amanda Motta Castro, Desirée De Oliveira Pires & Raylene Barbosa Moreira (Orgs.) - Anais Do I Congresso Internacional Lélia Gonzalez

O Grupo de Estudo e Pesquisa Interdisciplinar Lélia Gonzalez tem por objetivo criar, desenvolver e compartilhar pesquisas, estudos e “escrevivências”. Desde 14 de setembro de 2021, dia em que a criação do grupo foi oficializada, construímos caminhos possíveis, diferentes formas de resistir e redes de afeto.

O Grupo, formalmente, possui por objetivo principal a disseminação e a valorização da ciência e dos estudos acadêmicos, mas, sobretudo, compartilha a luta através do afeto. A pesquisa militante é parte do nosso cotidiano e, com isso, reafirmamos que nossos passos vêm de longe.

O Grupo tem como referencial epistemológico as reflexões produzidas pelos feminismos, sobretudo os transatlânticos, a partir das teóricas e teóricos, ativistas e intelectuais comprometidas/os com as formas de luta: anticoloniais, antirracistas, antipatriarcal, antiLGBTfóbicas, antielitistas e antidiscriminatórias.

Vislumbramos diferentes abordagens, análises e reflexões insurgentes, insubmissas de vozes dissidentes, principalmente da América Latina e Caribe. Ao longo desse percurso, trilhamos bonitos caminhos, resistimos e seguiremos frente ao momento sombrio em que se encontra o Brasil.

Esperançamos em tempos de ódio, demos as mãos às diferentes regiões do nosso país e abraçamos companheiras e companheiros de países como Argentina, México, Cuba e Colômbia.

O I Congresso Internacional Lélia Gonzalez: Educação, Movimentos E Esperanças, que aconteceu nos dias 24, 25 e 26 de novembro de 2021, teve como objetivo principal debater questões ligadas aos movimentos sociais, direitos humanos, gênero, desigualdades sociais, violências, educação popular e teorias decoloniais do campo das Ciências Humanas e Sociais.

Pensado e construído a muitas mãos, vislumbramos o encontro de estudantes, docentes e militantes das cinco regiões do Brasil, dialogando também com colegas da Argentina, Colômbia, Cuba, México e Porto Rico.

O congresso foi aberto para todas e todos que compartilharam conosco seus trabalhos, distribuídos em seis Grupos de Trabalho (GTs). Ao todo, foram apresentados oitenta e sete (87) trabalhos, organizados entre os seis GTs.

Clique para
Baixar o PDF

Deixe uma resposta


Desenvolvido pela Quanta Comunicação