Aline Aparecida Angelo & Outras (Orgs.) – Educação No Campo

Educação No Campo: Diálogos Com A Extensão universitária traz conhecimento comprometido com a ampliação dos direitos das populações do campo.

Aline Aparecida Angelo, Elizete Oliveira De Andrade & Nágela Aparecida Brandão (Orgs.) – Educação No Campo: Diálogos Com A Extensão universitária

O livro Educação No Campo: Diálogos Com A Extensão universitária nasceu da necessidade de sistematização e publicação dos trabalhos realizados por professores, estudantes e parceiros da Universidade do Estado de Minas Gerais que se aglutinam em torno do Programa Institucional de Extensão da UEMG – linha Educação do Campo.

Ao sistematizar, busca-se fortalecer e dar organicidade, sentido e direção às ações, projetos, programas que vem sendo desenvolvidos na extensão da universidade em interlocução com outras áreas do fazer universitário.

Um dos maiores desafios enfrentados pela proposição de institucionalização dos programas de extensão da UEMG para esta linha, além de potencializar as ações já existentes, é ampliar o raio de ação para além do Nepeja e da Faculdade de Educação. Neste sentido, é fundamental explorar a natureza multicâmpus e multidisciplinar da UEMG, identificando propostas que contemplem ou estabeleçam interfaces com eixo temático proposto.

O livro auxilia nesta direção, possibilitando maior sistematização, visibilidade e organicidade às ações, projetos de pesquisa e extensão, programas na área e em interface com a Educação do Campo realizadas na universidade, favorecendo a interlocução com as outras linhas dos programas institucionais e com outros parceiros e instituições envolvidos na discussão deste campo. Espera-se, desse modo, contribuir para a produção de conhecimento comprometido com a ampliação dos direitos das populações do campo.

Ele foi organizado em três partes: a primeira tem como eixo central de discussão a relação entre as universidades e a extensão universitária, em particular, na produção do conhecimento na área da Educação do Campo. A segunda, parte discute a formação de educadores do campo e as políticas públicas para a Educação do Campo. A terceira tem como temática central os saberes compartilhados em espaços escolares e não escolares.


Deixe uma resposta

Aline Aparecida Angelo & Outras (Orgs.) – Educação No Campo

Educação No Campo: Diálogos Com A Extensão universitária traz conhecimento comprometido com a ampliação dos direitos das populações do campo.

Aline Aparecida Angelo, Elizete Oliveira De Andrade & Nágela Aparecida Brandão (Orgs.) - Educação No Campo: Diálogos Com A Extensão universitária

O livro Educação No Campo: Diálogos Com A Extensão universitária nasceu da necessidade de sistematização e publicação dos trabalhos realizados por professores, estudantes e parceiros da Universidade do Estado de Minas Gerais que se aglutinam em torno do Programa Institucional de Extensão da UEMG – linha Educação do Campo.

Ao sistematizar, busca-se fortalecer e dar organicidade, sentido e direção às ações, projetos, programas que vem sendo desenvolvidos na extensão da universidade em interlocução com outras áreas do fazer universitário.

Um dos maiores desafios enfrentados pela proposição de institucionalização dos programas de extensão da UEMG para esta linha, além de potencializar as ações já existentes, é ampliar o raio de ação para além do Nepeja e da Faculdade de Educação. Neste sentido, é fundamental explorar a natureza multicâmpus e multidisciplinar da UEMG, identificando propostas que contemplem ou estabeleçam interfaces com eixo temático proposto.

O livro auxilia nesta direção, possibilitando maior sistematização, visibilidade e organicidade às ações, projetos de pesquisa e extensão, programas na área e em interface com a Educação do Campo realizadas na universidade, favorecendo a interlocução com as outras linhas dos programas institucionais e com outros parceiros e instituições envolvidos na discussão deste campo. Espera-se, desse modo, contribuir para a produção de conhecimento comprometido com a ampliação dos direitos das populações do campo.

Ele foi organizado em três partes: a primeira tem como eixo central de discussão a relação entre as universidades e a extensão universitária, em particular, na produção do conhecimento na área da Educação do Campo. A segunda, parte discute a formação de educadores do campo e as políticas públicas para a Educação do Campo. A terceira tem como temática central os saberes compartilhados em espaços escolares e não escolares.


Deixe uma resposta


Desenvolvido pela Quanta Comunicação