Adriana Maciel & Livia Reis (Orgs.) – Histórias Do Mundo

Histórias Do Mundo apresenta histórias de alunos da UFF que viajam para fora do Brasil e de estrangeiros que passaram um período na UFF.

Adriana Maciel & Livia Reis (Orgs.) – Histórias Do Mundo

Entendemos a internacionalização como um posicionamento da nossa universidade diante do mundo. Isso significa dizer que ela compreende não somente seu papel enquanto uma organização que colabora para uma transformação local, com a sua própria transformação, mas também atua para mudar o país e o mundo, construindo soluções próprias para os problemas globais.

Histórias Do Mundo apresenta histórias de alunos da Universidade Federal Fluminense (UFF) que viajam para fora do Brasil, em mobilidade internacional, e de alunos estrangeiros que passaram um período na UFF. A iniciativa da Superintendência de Relações Internacionais (SRI) da universidade faz parte das festividades pelos 60 anos da UFF, completados em dezembro de 2020.

De acordo com as organizadoras, Adriana Maciel e Livia Reis, “a leitura dos textos, além de emocionante, trouxe à tona vários sentimentos que temos no cotidiano do trabalho. Eles falam de vida, de solidão, de alegria, de solidariedade, de choque cultural, de medo, de entusiasmo de amadurecimento pessoal e de saudade!”.

Elas destacam que o volume traz “abordagens extremamente pessoais, estilos bem distintos e desiguais, realidades vividas e absorvidas de maneira diferente, no entanto, todas as histórias falam de transformação, crescimento pessoal, mudanças emocionais e perspectivas profissionais”.

A mobilidade de alunos de graduação é um dos movimentos mais importantes realizados na SRI. Além de trabalhar com os convênios internacionais, cotutelas, duplo diplomas, programas de línguas estrangeiras, apoio à internacionalização da pós-graduação e projetos especiais, a mobilidade é, possivelmente, seu carro-chefe e de maior sucesso.

Em situação não pandêmica a UFF envia anualmente cerca de 200 alunos por um semestre nas universidades parceiras, em todos os continentes, e recebe estudantes de todo o mundo. Os editais de mobilidade UFF são muito concorridos, e chegam a receber cerca de 900 inscrições.

Clique para
Baixar o PDF

Deixe uma resposta

Adriana Maciel & Livia Reis (Orgs.) – Histórias Do Mundo

Histórias Do Mundo apresenta histórias de alunos da UFF que viajam para fora do Brasil e de estrangeiros que passaram um período na UFF.

Adriana Maciel & Livia Reis (Orgs.) - Histórias Do Mundo

Entendemos a internacionalização como um posicionamento da nossa universidade diante do mundo. Isso significa dizer que ela compreende não somente seu papel enquanto uma organização que colabora para uma transformação local, com a sua própria transformação, mas também atua para mudar o país e o mundo, construindo soluções próprias para os problemas globais.

Histórias Do Mundo apresenta histórias de alunos da Universidade Federal Fluminense (UFF) que viajam para fora do Brasil, em mobilidade internacional, e de alunos estrangeiros que passaram um período na UFF. A iniciativa da Superintendência de Relações Internacionais (SRI) da universidade faz parte das festividades pelos 60 anos da UFF, completados em dezembro de 2020.

De acordo com as organizadoras, Adriana Maciel e Livia Reis, "a leitura dos textos, além de emocionante, trouxe à tona vários sentimentos que temos no cotidiano do trabalho. Eles falam de vida, de solidão, de alegria, de solidariedade, de choque cultural, de medo, de entusiasmo de amadurecimento pessoal e de saudade!".

Elas destacam que o volume traz "abordagens extremamente pessoais, estilos bem distintos e desiguais, realidades vividas e absorvidas de maneira diferente, no entanto, todas as histórias falam de transformação, crescimento pessoal, mudanças emocionais e perspectivas profissionais".

A mobilidade de alunos de graduação é um dos movimentos mais importantes realizados na SRI. Além de trabalhar com os convênios internacionais, cotutelas, duplo diplomas, programas de línguas estrangeiras, apoio à internacionalização da pós-graduação e projetos especiais, a mobilidade é, possivelmente, seu carro-chefe e de maior sucesso.

Em situação não pandêmica a UFF envia anualmente cerca de 200 alunos por um semestre nas universidades parceiras, em todos os continentes, e recebe estudantes de todo o mundo. Os editais de mobilidade UFF são muito concorridos, e chegam a receber cerca de 900 inscrições.

Clique para
Baixar o PDF

Deixe uma resposta


Desenvolvido pela Quanta Comunicação