Adenáuer Novaes – Filosofia E Espiritualidade

Filosofia E Espiritualidade foi especialmente escrito buscando uma análise filosófica, psicológica e espiritual a respeito da vida e do psiquismo humano.

Adenáuer Novaes – Filosofia E Espiritualidade: Uma Abordagem Psicológica

Filosofia E Espiritualidade é um livro especialmente escrito buscando uma análise filosófica, psicológica e espiritual a respeito da vida e do psiquismo humano.

É fruto de ideias que estavam no inconsciente do autor, exigindo o momento adequado para vir à consciência. O momento se deu quando reflexões psicológicas novas se uniram à perspectiva espiritual de enxergar a vida.

O leitor encontrará em Filosofia E Espiritualidade uma visão tríplice de entender os fatos e ideias que preponderaram na história do pensamento humano.

Notará, em alguns parágrafos, pura especulação filosófica; em outros, considerações subjetivas psicológicas e, na maioria deles, assertivas de natureza espiritual. Poderá parecer confuso, porém espero evitar tal ocorrência. O assunto é um tanto árido e bastante subjetivo, mas tentarei impedir que haja um entendimento equivocado ou inadequado. Não pretendi, ao escrever este livro, unir a filosofia à psicologia e ao espiritismo, mas tão somente apresentar considerações sobre alguns temas da vida sob perspectivas filosóficas, psicológicas e espíritas, por conta de minha formação acadêmica e de meus estudos do espiritismo.

Não se trata de escrever sobre a filosofia, sobre a psicologia ou sobre o espiritismo, enquanto áreas do conhecimento, mas tão somente analisar algumas ideias à luz de tais saberes.

Portanto, Filosofia E Espiritualidade não é um livro sobre filosofias, filósofos, psicólogos ou psicologias. É um livro sobre ideias.

Não analisarei as pessoas, nem a totalidade de suas ideias, mas apenas aquelas que resultam numa compreensão diferente a respeito da realidade atual. Ideias que foram canalizadas pelos filósofos e deles receberam o colorido de suas personalidades.

Desse modo, entendo que conceitos, ideias e pensamentos são eivados pelas emoções que circulam na mente humana. Recebem a contribuição da consciência e do inconsciente de quem as expõe, sendo então ideias individuais e coletivas ao mesmo tempo.

Para escrever Filosofia E Espiritualidade vali-me dos seguintes autores: Nicola Abbagnano, Allan Kardec, C. G. Jung, além de outros, em escala menor. Difícil distinguir se as ideias aqui expostas são oriundas de meu saber, da interpretação que dei às ideias daqueles autores ou ainda da inspiração espiritual que sinto ocorrer sempre quando escrevo.


Deixe uma resposta

Adenáuer Novaes – Filosofia E Espiritualidade

Filosofia E Espiritualidade foi especialmente escrito buscando uma análise filosófica, psicológica e espiritual a respeito da vida e do psiquismo humano.

Adenáuer Novaes - Filosofia E Espiritualidade: Uma Abordagem Psicológica

Filosofia E Espiritualidade é um livro especialmente escrito buscando uma análise filosófica, psicológica e espiritual a respeito da vida e do psiquismo humano.

É fruto de ideias que estavam no inconsciente do autor, exigindo o momento adequado para vir à consciência. O momento se deu quando reflexões psicológicas novas se uniram à perspectiva espiritual de enxergar a vida.

O leitor encontrará em Filosofia E Espiritualidade uma visão tríplice de entender os fatos e ideias que preponderaram na história do pensamento humano.

Notará, em alguns parágrafos, pura especulação filosófica; em outros, considerações subjetivas psicológicas e, na maioria deles, assertivas de natureza espiritual. Poderá parecer confuso, porém espero evitar tal ocorrência. O assunto é um tanto árido e bastante subjetivo, mas tentarei impedir que haja um entendimento equivocado ou inadequado. Não pretendi, ao escrever este livro, unir a filosofia à psicologia e ao espiritismo, mas tão somente apresentar considerações sobre alguns temas da vida sob perspectivas filosóficas, psicológicas e espíritas, por conta de minha formação acadêmica e de meus estudos do espiritismo.

Não se trata de escrever sobre a filosofia, sobre a psicologia ou sobre o espiritismo, enquanto áreas do conhecimento, mas tão somente analisar algumas ideias à luz de tais saberes.

Portanto, Filosofia E Espiritualidade não é um livro sobre filosofias, filósofos, psicólogos ou psicologias. É um livro sobre ideias.

Não analisarei as pessoas, nem a totalidade de suas ideias, mas apenas aquelas que resultam numa compreensão diferente a respeito da realidade atual. Ideias que foram canalizadas pelos filósofos e deles receberam o colorido de suas personalidades.

Desse modo, entendo que conceitos, ideias e pensamentos são eivados pelas emoções que circulam na mente humana. Recebem a contribuição da consciência e do inconsciente de quem as expõe, sendo então ideias individuais e coletivas ao mesmo tempo.

Para escrever Filosofia E Espiritualidade vali-me dos seguintes autores: Nicola Abbagnano, Allan Kardec, C. G. Jung, além de outros, em escala menor. Difícil distinguir se as ideias aqui expostas são oriundas de meu saber, da interpretação que dei às ideias daqueles autores ou ainda da inspiração espiritual que sinto ocorrer sempre quando escrevo.


Deixe uma resposta