A. S. Neill – Liberdade Sem Medo

A. S. Neill – Liberdade Sem Medo (Summerhill)

Nossa cultura não tem tido grande sucesso. Nossa educação, nossa política, nossa economia levam à guerra. Nossa medicina não põe fim às moléstias. Nossa religião não aboliu a usura, o roubo…

Os progressos da época são progressos da mecânica em rádio e televisão, em eletrônica, em aviões a jato. Ameaçam-nos novas guerras mundiais, pois a consciência social do mundo ainda é primitiva.
Disposto a construir um mundo melhor por meio da escola, Neill tornou-se um dos mais importantes educadores das décadas de 1960 e 1970. Seu respeito pela infância e sua coragem em manter uma posição de independência fazem com que até hoje ele mereça ser revisto e estudado.

Summerhill talvez seja a escola menos comum deste mundo. Trata-se de um lugar onde as crianças não são obrigadas a ir às aulas — podem deixar de assistir às lições durante anos, se assim o quiserem.

Contudo, e bastante estranhamente, os meninos e meninas dessa escola Aprendem! E, na verdade, o fato de serem privados das lições chega a ser considerado um castigo severo.

Summerhill há quase quarenta anos vem sendo dirigida por A. S. Neill. É a maior experimentação do mundo na outorga de lúcido amor, e aprovação, à criança. É o lugar onde um homem corajoso, apoiado por corajosos, teve a fortaleza de aplicar realmente — e sem reservas — os princípios da liberdade e da não repressão.

A escola movimenta-se sob um verdadeiro governo de crianças, onde os “patrões” são elas próprias. Apesar da crença comum de que tal atmosfera criaria uma quadrilha de moleques incontroláveis, os visitantes de Summerhill ficam impressionados com a disciplina imposta a si próprios pelos alunos, com sua alegria, e com suas boas maneiras.

Aquelas crianças mostram uma simpatia e uma ausência de desconfiança em relação aos adultos, que é a maravilha e o encanto mesmo dos investigadores escolares oficiais da Inglaterra.

Em Liberdade Sem Medo (Summerhill), A. S. Neill expressa, francamente, suas opiniões únicas — e radicais — quanto aos aspectos importantes da paternidade e da educação das crianças.

 

https://livrandante.com.br/produto/caneca-fusquinha-branca/


Deixe uma resposta

A. S. Neill – Liberdade Sem Medo

A. S. Neill - Liberdade Sem Medo (Summerhill)

Nossa cultura não tem tido grande sucesso. Nossa educação, nossa política, nossa economia levam à guerra. Nossa medicina não põe fim às moléstias. Nossa religião não aboliu a usura, o roubo...

Os progressos da época são progressos da mecânica em rádio e televisão, em eletrônica, em aviões a jato. Ameaçam-nos novas guerras mundiais, pois a consciência social do mundo ainda é primitiva.
Disposto a construir um mundo melhor por meio da escola, Neill tornou-se um dos mais importantes educadores das décadas de 1960 e 1970. Seu respeito pela infância e sua coragem em manter uma posição de independência fazem com que até hoje ele mereça ser revisto e estudado.

Summerhill talvez seja a escola menos comum deste mundo. Trata-se de um lugar onde as crianças não são obrigadas a ir às aulas — podem deixar de assistir às lições durante anos, se assim o quiserem.

Contudo, e bastante estranhamente, os meninos e meninas dessa escola Aprendem! E, na verdade, o fato de serem privados das lições chega a ser considerado um castigo severo.

Summerhill há quase quarenta anos vem sendo dirigida por A. S. Neill. É a maior experimentação do mundo na outorga de lúcido amor, e aprovação, à criança. É o lugar onde um homem corajoso, apoiado por corajosos, teve a fortaleza de aplicar realmente — e sem reservas — os princípios da liberdade e da não repressão.

A escola movimenta-se sob um verdadeiro governo de crianças, onde os “patrões” são elas próprias. Apesar da crença comum de que tal atmosfera criaria uma quadrilha de moleques incontroláveis, os visitantes de Summerhill ficam impressionados com a disciplina imposta a si próprios pelos alunos, com sua alegria, e com suas boas maneiras.

Aquelas crianças mostram uma simpatia e uma ausência de desconfiança em relação aos adultos, que é a maravilha e o encanto mesmo dos investigadores escolares oficiais da Inglaterra.

Em Liberdade Sem Medo (Summerhill), A. S. Neill expressa, francamente, suas opiniões únicas — e radicais — quanto aos aspectos importantes da paternidade e da educação das crianças.

 


Deixe uma resposta


Desenvolvido pela Quanta Comunicação