Gestalt

Serge e Anne Ginger, Gestalt-terapeutas franceses, preocuparam-se em veicular com seriedade a abordagem gestáltica sem perder a linguagem coloquial e bem-humorada. Isto facilita a apreensão dos conceitos tanto para o terapeuta de diferentes orientações como para um leigo com curiosidade na área psicológica.