A Faca No Peito

A Faca No Peito é centrado em Jonathan, personagem que se refere tanto a Deus quanto ao sexo masculino ou à crença religiosa.

De um único modo se pode dizer a alguém: “não esqueço você”. A corda do violoncelo fica vibrando sozinha sob um arco invisível e os pecados desaparecem como ratos flagrados. Meu coração causa pasmo porque bate e tem sangue nele e vai parar um dia e vira um tambor patético se falas no meu ouvido: […]

Quero Minha Mãe

Em pouco mais de 70 páginas, Quero Minha Mãe traz na linguagem de Adélia, a narrativa cotidiana e do inconsciente de Olímpia, uma mulher que vivencia o drama da descoberta de um câncer e partilha isso com o mundo à sua volta. Quero Minha Mãe é uma obra da estatura de Adélia.

Poesia Reunida

Adélia Prado, uma das mais renomadas autoras brasileiras, sabe como ninguém retratar a alma e os sentimentos femininos em seus poemas, contos e romances. Acostumada a verbalizar em sua obra a perplexidade e o encanto, norteados pela fé cristã e permeados pelo aspecto lúdico – uma das características de seu estilo único –, a poetisa […]

O Coração Disparado

Adélia procura aprofundar um dos temas que marcam sua obra – a religiosidade. A experiência religiosa é uma experiência poética. A poesia aponta para o mesmo lugar para onde a fé leva. São experiências de natureza comum. Os textos míticos são paradoxos, falam por metáforas, porque falam do indizível. A poesia é a mesma coisa.

Terra De Santa Cruz

Um dos mais importantes títulos de Adélia Prado, Terra de Santa Cruz, reunião de emocionantes poemas, foi publicado pela primeira vez em 1981. A poesia de Adélia Prado é objetiva, forte, chocante, que incomoda e nos faz refletir instantaneamente, sem releituras ou com auxílio de um dicionário. Adélia quer por que quer e precisa dizer […]

Pular para o conteúdo