Nix – Autor narra com humor a saga de um protagonista atormentado pelo passado da própria família.
Em seu elogiado romance de estreia, Nathan Hill conta o drama tragicômico de Samuel Anderson, um escritor fracassado obrigado a lidar com antigas feridas, reabertas pelo inesperado ressurgimento da mãe, Faye, que abandonou a família quando ele era criança.
Faye é acusada de um crime absurdo registrado em um vídeo que viraliza na internet. A surpresa de Samuel é ainda maior ao perceber que, ao contrário da imagem de boa moça que se casou cedo com o namoradinho da escola, a mídia passa a retratá-la como uma hippie radical de passado sórdido.
Engraçado e inteligente, Nix apresenta uma trama ao mesmo tempo contemporânea e atemporal, ao abordar, através de gerações, as dores cíclicas de uma família que mal se conhece.

Se soubesse que a mãe estava indo embora, talvez Samuel tivesse prestado mais atenção. Poderia tê-la escutado com mais cuidado, tê-la observado com mais zelo, ter anotado certas coisas essenciais. Talvez pudesse ter agido de um jeito diferente, ter falado de um jeito diferente, ter sido outra pessoa.
Talvez pudesse ter sido uma criança por quem valesse a pena ficar.
Mas Samuel não sabia que a mãe estava indo embora. Não sabia que, àquela altura, ela já estava indo embora havia vários meses — em segredo e em partes. Ela ia removendo itens da casa, um por um. Um único vestido do armário.
Depois uma foto avulsa do álbum. Um garfo da gaveta de talheres. Uma colcha sob a cama. Toda semana, um novo objeto era levado. Um suéter. Um par de sapatos. Um enfeite de Natal. Um livro. Lentamente, sua presença na casa se tornava mais rarefeita.

Nathan Hill alcançou, com a publicação de Nix, as listas de melhores livros de 2016 nos principais veículos dos Estados Unidos, incluindo The New York Times, The Washington Post, NPR e Slate. Nix ganhou o L.A. Times Book Prize na categoria autor estreante e teve seus direitos vendidos para 30 países. Hill nasceu em Iowa e mora com a esposa em Naples, Flórida.

 

Camisa Drummond

Deixe uma resposta