Formação De Professores Em Ciências Da Natureza: Percursos Teóricos E Práticas Formativas – A linha de Ensino de Ciências do Programa de Pós-graduação em Ensino e Processos Formativos, especificamente, é formada por pesquisadores que desenvolvem estudos relacionados à formação inicial e continuada de professores, ensino em espaços formais e não formais, metodologias de ensino e epistemologia associadas ao ensino de ciências.
O Capítulo 1, de autora de Thaís Gimenez da Silva Augusto e Ivan Amorosino do Amaral, é um ensaio teórico, no qual os autores apresentam um panorama das tendências contemporâneas da pesquisa sobre formação de professores.
No Capítulo 2, de autoria de Tábata Melise Gomes, João Amadeus Pereira Alves e Edilce Maria Balbinot, são descritos os resultados de uma pesquisa elaborada no âmbito de um Mestrado Profissional em Ensino de Ciências.
O Capítulo 3, de autoria de Eroína Ferreira Santiago, Ana Cláudia Kasseboehmer e Gustavo Bizarria Gibin, trata da importância do desenvolvimento da produção e do uso de diferentes recursos didáticos para a formação de professores de Ciências.
No Capítulo 4, Bruno Barbosa de Souza, Fernanda Aparecida Meglhioratti e Irinéa de Lourdes Batista apresentam os resultados de uma pesquisa que analisou a presença das temáticas de Gênero e Sexualidade nos Projetos Pedagógicos de cursos de licenciatura de uma universidade pública do estado do Paraná/Brasil.
Por sua vez, o Capítulo 5, de autoria de Cíntia Lionela Ambrosio de Menezes, Maira da Silva Rodrigues, Ângela Coletto Morales Escolano, Carolina Buso Dornfeld, são relatadas as análises dos relatos de experiências de futuros professores de Ciências e Biologia ao aplicarem, em sala de aula, pela primeira vez, os critérios da “Teoria da Experiência de Aprendizagem Mediada”.
Já o Capítulo 6, de autoria de Beatriz dos Santos Santana, Bruno Ferreira dos Santos e Ana Luiza de Quadros, é dedicado ao debate sobre a formação inicial de professores de Química.
No Capítulo 7, Monica Abrantes Galindo e Maria Lucia Vital dos Santos Abib discorrem sobre os saberes experienciais destacados, em entrevistas semiestruturadas, por um grupo de professores do Ensino Médio que receberam, em suas salas de aula, estagiários de um curso de Licenciatura em Física.
O tema do Capítulo 8 é a elaboração de significados na formação continuada de professores. De autoria de Jackson Gois e Idma Andrade Carvalho Ferreira, o estudo propõe a teoria da ação mediada como suporte para compreender como os novos conhecimentos, advindos de atividades crítico-reflexivas de cunho formativo, são tratados por professores.
Finalizando o livro, no Capítulo 9, Paulo Marcelo M. Teixeira debate sobre as tendências de pesquisa na formação de professores, apresentando uma análise baseada em trabalhos acadêmicos da subárea de Ensino de Biologia, com atenção especial a Dissertações e Teses.

 

Camisa “Espere Eu Acabar Esse Capítulo!”

Deixe uma resposta