Sobre Normatividade E Racionalidade Prática – Em 2015, o Programa de Pós-Graduação em Filosofia Moral e Política organizou o IV Congresso Internacional de Filosofia e Política, dando continuidade ao evento que começou no ano de 2009.
Desde então, o Congresso contou com a presença de renomados pesquisadores do país e do exterior (Argentina, Chile, Uruguai, Estados Unidos, Holanda, França, Bélgica, Alemanha), que apresentaram o resultado de suas investigações em mesas redondas, minicursos e conferências que resultaram na publicação de três obras: Virtudes, Direitos e Democracia, Ação, Justificação e Legitimidade, e Sobre Responsabilidade.
Na última edição, o tema geral do evento foi Normatividade E Racionalidade Prática, cujos textos são agora reunidos em um livro, o quarto que resulta do Congresso Internacional de Filosofia Moral e Política.
Do ponto de vista da normatividade, perpassou-se em grande medida as representações morais que possuímos, ou colocamos em prática, visando elucidar como as diferentes tradições filosóficas lidaram com esse tema.
No que se refere à racionalidade prática, o interesse recaiu sobre as conexões desta com as concepções normativas, especialmente em sua capacidade de oferecer um nível adequado de justificação para aquilo que consideramos o que é correto a ser feito.
Durante uma semana, variadas abordagens foram discutidas, abrangendo distintos períodos da História da Filosofia, desde Boécio e a questão da felicidade, passando por Tomás de Mercado e Francisco de Vitória, vinculados à Escolástica Barroca, sobretudo no que concerne à escravidão e o direito de comunicação e o direito de sociedade, Kant e a lei moral, Rawls e a questão da justiça como equidade, o antirealismo e a rejeição da existência de valores morais de Mackie, e o problema do reconhecimento, autonomia e auto-realização em Honneth, bem como o papel das normas gráficas dentro da ontologia social, o que pressupõe um amplo painel acerca da normatividade e racionalidade prática.
Nesse sentido, a discussão ocorrida de 09 a 12 de novembro de 2015 pretendeu oferecer à comunidade acadêmica um debate qualificado, consistente e vertical, o que tem sido a tônica do Congresso desde seus primórdios, e que certamente pautará as próximas edições do evento.

 

Camisa O Livro E A Fantasia

Deixe uma resposta