A Dinâmica Do Sistema Produtivo Da Saúde: Inovação E Complexo Econômico-Industrial – Para que, no futuro desejado, conforme-se no Brasil um sistema de saúde universal, integral e equânime, o Estado deve ter um papel decisivo na articulação das duas dimensões da saúde: a social e a econômica. É o que defendem os autores deste livro.
Um Complexo Econômico-Industrial da Saúde (CEIS) frágil não atende às exigências de elevação da competitividade brasileira no cenário internacional.
Mas não é só isso: essa fragilidade afeta sobremaneira a capacidade de resposta às necessidades sanitárias da população. “Gostaríamos que A Dinâmica Do Sistema Produtivo Da Saúde se configurasse, sobretudo, como um convite para o debate e para o fortalecimento deste campo científico, com um padrão de desenvolvimento que articule, ao mesmo tempo, o dinamismo econômico com os direitos sociais e a conformação de um Estado de bem-estar no Brasil”, diz o secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, Carlos Gadelha, coordenador do livro.
A Dinâmica Do Sistema Produtivo Da Saúde é motivado pela necessidade de se aprofundar o conhecimento sobre a dinâmica relacionada ao sistema produtivo da saúde, considerando-se seus segmentos sociais e industriais, assim como a dinâmica de inovação no âmbito de todo o CEIS.
Em seu desenvolvimento, adota-se a perspectiva da economia política (pressupondo-se que o padrão de desenvolvimento envolve, a um só tempo, a dimensão econômica e a social) e analisa-se a inovação como um processo político de escolha e de luta por um modelo de sociedade.
A Dinâmica Do Sistema Produtivo Da Saúde apresenta a dinâmica dos investimentos no complexo produtivo da saúde, no mundo e no Brasil, analisando seus diferentes subsistemas: de base química e biotecnológica; de base mecânica, eletrônica e de materiais; e de serviços de saúde. Ao final, traz uma síntese analítica e discute políticas para o desenvolvimento do CEIS.
Em uma perspectiva mais abrangente, A Dinâmica Do Sistema Produtivo Da Saúde reflete o resultado de mais de uma década de análises – tanto das características quanto da dinâmica desse sistema produtivo, o CEIS – que vêm sendo realizadas no âmbito do Grupo de Inovação em Saúde da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca da Fundação Oswaldo Cruz (GIS/Ensp/Fiocruz). Mais especificamente, tomou como ponto de partida o estudo Sistema Produtivo Complexo Econômico-Industrial da Saúde, de Carlos Gadelha (coordenador), José Maldonado, Marco Vargas e Pedro Barbosa, pesquisadores do GIS.

 

Camisa Guarda-Chuva

Deixe uma resposta