Educação Como Forma De Socialização Vol. IV: Socialização E Educação (Movimentos Exotópicos, Dimensões Da Avaliação, Políticas Públicas E Considerações Preliminares Sobre O Sistema De Ensino Brasileiro) – O livro está dividido em duas partes, sendo a primeira intitulada “Socialização e educação: movimentos Exotópicos, dimensões da avaliação, políticas públicas e considerações preliminares sobre o sistema de ensino brasileiro”, que deseja reverberar sobre os diversos aspectos envolvidos na educação que se apresenta como tarefa complexa, pois surgem questões de diferentes ordens se entrelaçando para que o processo educativo seja efetivado.
São questões que envolvem a formação inicial e continuada do professor, a seleção e o uso de materiais didáticos, as possibilidades e as limitações do ambiente escolar, enfim, são tantos as faces da educação, que seria ingenuidade tentar dar conta em uma só publicação.
Nesse sentido, enquanto professores de língua materna e estrangeira, focamos em quatro pontos que acreditamos serem dos mais importantes para o trabalho docente, a saber: (1) planejamento; (2) reflexões sobre leitura e interpretação de textos; (3) análise linguística e de gêneros, com foco nas características de dicionários escolares e de aprendizagem; e (4) apontamentos sobre o trabalho docente e produção de textos.
Partindo do planejamento e da reflexão sobre o desenvolvimento da atividade do/as professor/a, e passando pelos aspectos que interferem no exercício da leitura, interpretação e reflexionando na linguística, esperamos contribuir para ampliar a visão do/a profissional da educação nos temas abordados.
A segunda parte deste livro intitulada, “As faces da educação nos contextos sociais, políticos e culturais avaliados perante diversas ideologias”, apresenta as conjunturas, dentre as quais as questões educativas consideradas pelos autores imprescindíveis, questionam e são questionadas.
Aspectos como ética, cidadania, liderança se sobressaem como importantes amparos para o enfrentamento aos estímulos constantes no campo escolar da atualidade. São tantos os desafios dentre os quais, destaca-se a violência instaurada no contexto da escola.
As construções sociais nos últimos anos caracterizadas pela conjuntura de exclusão da participação social, politica, cultural e desesperança de um futuro promissor elevou o nível de violência no entorno e dentro da escola. Estes e outros aportes são apresentados pelos/as autores/as no decorrer dos capítulos.

 

Camisa Livr’Andante

Deixe uma resposta