O Destino Da África – Um livro épico e fundamental sobre o continente africano, do Antigo Egito aos dias de hoje.
A África tem sido cobiçada por suas riquezas desde sempre. Nos séculos passados, ouro, marfim e tráfico de escravos atraíram caçadores de fortunas, mercadores e conquistadores de todos os lugares. Nos tempos modernos, o foco passou a ser o petróleo, ao lado de diamantes e outros minerais valiosos.
Martin Meredith faz, em O Destino Da África, um incrível tour de force, atravessando 5 mil anos de história para mergulhar no destino do continente africano – um destino construído em cima de riquezas incontáveis, ganância voraz e poder.
Do Antigo Egito aos dias de hoje, Meredith descreve a vida de reinos e impérios ancestrais; lendas e mitos históricos; a disseminação do cristianismo e do islamismo; a caça ao ouro e a outras riquezas; o tráfico de escravos; os feitos de exploradores e missionários; o impacto avassalador da colonização europeia; e a tão aguardada independência. Examinando também os Estados africanos modernos pós-coloniais, o autor conclui com uma projeção de seu futuro.
Em O Destino Da África Martin Meredith costura engenhosamente a exploração, o comércio e a geografia em uma narrativa cheia de detalhes que é, ao mesmo tempo, surpreendente e cativante.
Especialista em África, com dezenas de livros publicados sobre o tema, Martin Meredith narra de forma impressionante a história do continente que é considerado o berço da humanidade. A África do mundo antigo; a difusão do cristianismo; a África na era das grandes navegações; o impacto do islã; as disputas entre brancos e negros, a vida de reinos e impérios ancestrais; as lendas e os mitos históricos; a caça ao ouro e a outras riquezas; o tráfico de escravos; os feitos de exploradores e missionários; o impacto da exploração europeia e o processo de independência, já na segunda metade do século XIX.
Além disso, O Destino Da África trata de personagens históricos que vão de Cleópatra e mansa Musa, passando pelo rei Leopoldo II, Mobutu Sese, Idi Amin Dada e Nelson Mandela.

Camisa Livr’Andante

Deixe uma resposta