A Voz Do Imigrante: Memória E Oralidade Nos Estudos Históricos Das Migrações – Os textos que compõem este livro resultam de estudos desenvolvidos por pesquisadores que se relacionaram e apoiaram nos últimos tempos as atividades do Laboratório de Pesquisa em História Oral da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (LAPHO-PUCRS).
Coordenado hoje pela professora Claudia Musa Fay, o Laboratório completa vinte anos de existência. Em duas décadas, a preservação acurada e a contínua produção de novas entrevistas orais em relação a múltiplas áreas de estudo, proporcionaram o desenvolvimento de numerosas pesquisas, até mesmo internacionais, que resultaram em interessantes dissertações e teses defendidas em vários cursos da universidade.
A específica temática dos estudos históricos sobre as migrações, que caracteriza a escolha do assunto deste volume, é apenas um dentre os diversos campos disciplinares “fortes” relacionados às atividades do Laboratório, mas efetivamente aquele mais emblemático e característico. Isto se deve também ao fato que por mais de 15 anos o LAPHO foi coordenado pela professora Núncia Santoro de Constantino, idealizadora e fundadora do mesmo espaço de pesquisa.
Reconhecida estudiosa dos processos migratórios no Brasil, falecida prematuramente em 2014, foi defensora em inúmeros ensaios da utilidade da metodologia da história oral no seu campo de estudo. Os trabalhos de Núncia influenciaram, direta ou indiretamente, os estudos de todos os autores que apresentam as contribuições nessa coletânea. O livro é dedicado à sua memória.

Preciso ver muitos rostos e ouvir muitas vozes, quando estudo imigração. Muitos rostos além daqueles que deram certo e cujos retratos estão emoldurados nas fábricas, nos bancos, nas grandes casas comerciais. Também preciso olhar para além dos rostos daqueles infelizes que não deram certo e cujas fotografias estão estampadas nas páginas policiais. Opressores e oprimidos não esgotam o assunto. Preciso ver e ouvir muito para reconstruir, com todas as deficiências que uma reconstrução supõe, o complexo e multifacetado fenômeno da imigração. São as vozes que me devolvem os rostos de pessoas comuns.
Núncia Santoro de Constantino

Camisa Livros Voadores

Deixe uma resposta