Bibliotecas No Mundo Antigo – Esta deliciosa obra conta a história das bibliotecas antigas desde suas origens, quando “livros” eram tábuas de cerâmica e a escrita, um fenômeno novo.
O renomado estudioso clássico Lionel Casson nos conduz em uma animada viagem, partindo das bibliotecas reais do Antigo Oriente, passando pelas bibliotecas públicas e privadas da Grécia e de Roma, até as primeiras bibliotecas monásticas cristãs.
Em Bibliotecas No Mundo Antigo Casson traça o desenvolvimento das construções, os sistemas, acervos e patronos das bibliotecas, considerando questões de uma ampla variedade de tópicos, como: quem contribuiu para o desenvolvimento das bibliotecas públicas, especialmente a grande Biblioteca de Alexandria? O que as bibliotecas antigas incluíam em seu acervo? Como bibliotecas antigas adquiriam livros? Qual era a natureza das publicações no mundo greco-romano? Como o cristianismo transformou a natureza dos acervos bibliotecários?
Assim como uma biblioteca recompensa quem a explora com tesouros inesperados, Bibliotecas No Mundo Antigo oferece a seus leitores a história surpreendente da ascensão e do desenvolvimento de bibliotecas antigas – uma história fascinante que nunca foi contada antes.
Os escritos antigos contêm apenas fragmentos aleatórios de informação sobre bibliotecas. Para completar o quadro, devemos voltar a nossa atenção para uma variedade de fontes. Entre elas, uma das mais úteis é a arqueologia: inúmeros locais de escavação revelaram restos de bibliotecas e nos dão uma ideia – em alguns casos uma ideia muito boa – das instalações físicas.
As inscrições relativas a bibliotecas, provenientes de decretos em honra de benfeitores ricos e utilizadas para epitáfios nas lápides de trabalhadores humildes, de uma forma ou de outra fornecem detalhes bem-vindos sobre aspectos importantes. Mas há certas questões em relação às quais limitamo-nos a fazer inferências com base em pistas tênues, ou mesmo, de vez em quando, pura especulação – como a natureza dos repositórios nas várias bibliotecas, o público leitor a que serviam, a maneira como faziam as suas aquisições, seus métodos de arrumação dos livros nas estantes e de catalogação etc.

   

 

 

Camisa Mosaico

Deixe uma resposta