A oitava edição dos Seminários Internacionais que o CEPESE tem vindo a organizar no âmbito do Projeto “A Emigração de Portugal para o Brasil”, com o apoio da FCT — Fundação para a Ciência e a Tecnologia, reuniu durante quatro dias mais de trinta investigadores de Portugal, Espanha, Itália e Brasil. Este encontro deu continuidade e aprofundou temáticas associadas à questão migratória, alargando as geografias dos fluxos emigrantes à Europa do Sul e América do Sul, inscrevendo assim esta atividade no âmbito da Rede de Investigação Digital REMESSAS, que o CEPESE se encontra a desenvolver (www.remessas.cepese.pt).
Foi precisamente durante este Seminário que se procedeu à assinatura do documento fundador desta Rede. Considerando que, volvida uma década de pesquisas desenvolvidas por investigadores portugueses, brasileiros, espanhóis e italianos, era tempo de atingir um nível mais avançado de cooperação, tendo como instrumento fundamental uma rede digital que integrasse e articulasse os centros de investigação, instituições e investigadores da América do Sul e Europa do Sul preocupados com o estudo das grandes migrações internacionais que ocorreram entre as duas regiões, no exercício das suas competências e em representação das respetivas instituições, diversos professores universitários/investigadores assinaram este documento.
Ao longo de quatro dias, a riqueza e a diversidade das comunicações apresentadas neste Seminário Internacional foi assinalável, desde logo, pelo contributo rigoroso e multidisciplinar de investigadores brasileiros, italianos, espanhóis e portugueses, trabalhos que foram submetidos a arbitragem científica. É, indiscutivelmente, do cruzamento de todos estes saberes – do lado de cá e do lado de lá do Atlântico – que melhor se pode aprofundar o estudo dos movimentos e das deslocações populacionais e estabelecer análises comparativas, esclarecendo números e levantando problemas que obrigarão, num futuro próximo, a novas pesquisas.
Desde logo, José Jobson de Andrade Arruda centra a sua análise na evolução do fenómeno migracional português no Brasil ao longo dos séculos, abordando os conceitos de (e)imigração, colonização, emigração espontânea, emigração compulsória e emigração coordenada.

Deixe uma resposta