Varlan Tcherkesof – O Marxismo Antes E Depois De Marx
Esta é uma obra de estudo, de ciência, de filosofia, que desafia a contestação dos mais arrojados críticos e sociólogos.
Varlan Tcherkesof descendia de unia antiga família nobre da Geórgia. Ainda jovem, abandonou o lar paterno em direção a Moscou, onde frequentou um instituto ginasial. Seu verdadeiro nome era Tcherkeskilli, que somente russificou no estrangeiro.
Tcherkesof conheceu desde o alvorecer de sua juventude o movimento revolucionário. O jovem aluno do ginásio residia em Moscou com estudantes russos, que sentiam grande alegria em vista dos ardentes desejos de saber revelados pelo jovem, ao qual desde logo demonstraram tal confiança, que em sua presença conversavam sem reserva sobre todos os assuntos secretos.
Foi assim que Tcherkesof veio a conhecer os problemas que então prendiam a atenção da juventude socialista e revolucionaria.
Era o período em que Tchernichevsky exercia poderosa influencia sobre a juventude e quando o movimento revolucionário havia dado origem a uma organização revolucionaria no seio da sociedade secreta “Terra e Liberdade”.
Tcherkesof era o membro mais moço desse circulo. Depois da prisão de Tchernichevsky em julho de 1863, a policia de Alexandre II, cujo suposto liberalismo despertara entre o povo algumas esperanças, inclinou-se francamente para o reacionarismo.
A consequência desse fato foi, naturalmente, o progressivo desenvolvimento nas agremiações da mocidade socialista da convicção segundo a qual se tornava necessária uma solução violenta das grandes questões que a todos inquietavam.
Tal convicção era fortalecida pela ideia de que as perspectivas de reformas governamentais em sentido liberal não passavam de meras ilusões.
Dentre as agremiações de estudantes moscovitas surgiu uma que começou a propagar a luta contra o tzansmo por meios violentos. Entre outras coisas, tratou da criação de uma imprensa clandestina e da liberdade de Tchernichevsky.
Tcherkesof fazia parte dessa agremiação. Dela também fazia parte o conhecido revolucionário Karakosoff, que no ano de 1866 atentou contra o tzar Alexandre II, sendo, em virtude desse gesto, sacrificado no cadafalso.
Depois do atentado levado a efeito por Karakosoff, a reação levantou novamente a cabeça.

 

Camisa Mosaico

Deixe uma resposta