Ricardo Timm De Souza & Outros (Orgs.) – Theodor W. Adorno: A Atualidade Da Crítica Vol. II

Posted on Leave a commentPosted in Ciências Sociais, Filosofia

No aniversário dos 114 anos do nascimento de Theodor W. Adorno, a sua proposta de crítica (negativa) social, pautada no desvelamento das condições que impedem o sujeito agir como tal, se apresenta como uns dos mecanismos necessários para compreensão e crítica do atual contexto, tanto nacional, quanto internacional.

Theodor W. Adorno – As Estrelas Descem À Terra

Posted on Leave a commentPosted in Ciências Sociais, Comunicação, Filosofia, Psicologia

O que poderia haver em comum nas previsões de horóscopo do Los Angeles Times da década de 1950, na literatura de Franz Kafka e na música de Stravinsky? Aparentemente não há nada de substancioso que possa atar coisas tão diferentes. Mas justamente esse “aparentemente” é o empecilho que foi deslocado por Theodor Adorno na sua […]

Theodor W. Adorno – Introdução À Sociologia Da Música

Posted on Leave a commentPosted in Ciências Sociais, Música

Este Introdução À Sociologia Da Música compila uma série de conferências ministradas pelo pensador alemão, nas quais reflete sobre as interseções entre arte, história e sociedade. Mais especificamente, nestes textos, o autor lança questionamentos acerca dos processos que compõem as práticas de ouvir, sentir e criar música. Cada capítulo do livro se destina a um […]

Maurício De Assis Reis – Adorno: Estudos Sobre Experiência E Pensamento

Posted on Leave a commentPosted in Filosofia

A recepção da obra do filósofo alemão Theodor W. Adorno (1903-1969) enfrenta no presente uma série de dilemas. Nisto, a sua situação não é diferente da posteridade crítica dos filósofos mais importantes do século XX. Esses dilemas poderiam ser resumidos em uma antinomia fundamental: deve-se olhar para esses grandes autores e seus textos como figuras […]

Theodor Adorno – Indústria Cultural E Sociedade

Posted on Leave a commentPosted in Ciências Sociais

Aproximando âmbitos até então vistos como excludentes, o conceito de Indústria Cultural, cunhado por Theodor Adorno na década de 1950, permanece essencial para a compreensão das carcterísticas e contradições fundamentais da moderna sociedade capitalista. Nos três importantes ensaios reunidos nesse livro, a arguta capacidade de observação e a inteligência crítica de Adorno iluminam, de maneira […]