Nicolau Maquiavel – A Arte Da Guerra

Nicolau Maquiavel – A Arte Da Guerra

Partindo da ideia de que um povo e uma cidade livres são um povo e uma cidade armados, Maquiavel concebeu um dos mais importantes tratados sobre estratégia militar.

Antes de Maquiavel, eram praticamente inexistentes convenções de guerra hoje elementares, como organização dos exércitos, hierarquia e código militares.

A Arte Da Guerra apresentou, entre outros, o conceito de formação de tropas e conferiu à disciplina importância fundamental para o êxito do combate.

Maquiavel desenvolveu esse pensamento radicalmente inovador e criou uma meticulosa obra na qual, a partir do isolamento do fenômeno do poder e da sua relação intrínseca com o uso da força – até mesmo da violência –, são criados os meios para a conquista, a manutenção e a preservação do poder político.

Publicada há cerca de 500 anos, A Arte Da Guerra já conquistou leitores célebres como Napoleão e Frederico II, o Grande, e se faz essencial para todo e qualquer estrategista.

Nascido em Florença, Maquiavel (1469-1527) foi o mais importante historiador, filósofo, dramaturgo, diplomata e cientista político italiano do Renascimento. É reconhecido como fundador do pensamento e da Ciência Política moderna, pela simples manobra de escrever sobre o Estado e o governo como realmente são e não como deveriam ser.

Exilado de seu país em 1512 pelos Médicis, a esse afastamento se deve a maior parte das obras que imortalizaram o seu nome, das quais a mais célebre é o tratado O Príncipe (concluído em 1515 mas publicado somente em 1532), em que desenvolve um sistema de política que tem por base a astúcia.

As suas doutrinas concordavam então com o direito público do tempo, delas tendo surgido, pode-se dizer, toda uma literatura política que, através do século XVII, se junta à corrente de filosofia social derivada de Locke e de Montesquieu.

A obra prima de Maquiavel teve, porém, numerosos contraditores, o mais célebre dos quais Frederico II. O seu nome passou à linguagem para designar um estadista sem escrúpulos. Maquiavel foi, não obstante, grande patriota e um dos maiores escritores da Itália. Entre outras das suas obras constam: A Arte Da Guerra, Discurso Sobre Tito Lívio, Histórias Florentinas e algumas poesias e comédias.

Maquiavel casou-se em 1502 com Marietta Corsini, de quem teve quatro filhos e duas filhas (Bernardo, Ludovico, Piero, Guido, Bartolomea e outra menina morta na primeira infância). Após o exílio exerceu atividades políticas por apenas dois anos, até sua morte, em 1527.

 

Caneca Viola Ensolarada | Borda & Alça Colorida