João Fábio Bertonha – Os Italianos

Posted on Leave a commentPosted in Ciências Sociais, História

Os Italianos – Afinal, quem são os italianos? Convivas barulhentos que devoram fartas macarronadas ou degustadores sofisticados de pratos refinados? Filhinhos diletos de mammas supersticiosas ou executivos competentes que criaram roupas, sapatos e objetos de design símbolos de elegância em todo o planeta? Pobres coitados vivendo sob o tacão de chefes mafiosos ou criativos autores de teorias revolucionárias? (mais…)

Paulo Guimarães – Os Escandinavos

Posted on Leave a commentPosted in Ciências Sociais, Economia, História

Os Escandinavos – Terra do Papai Noel, de lindas mulheres loiras, paraíso democrático, igualitário, rico… lugar perfeito, não fosse o inverno que parece durar o ano todo, mantendo seus habitantes, os descendentes dos vikings, no frio extremo. Até que ponto essas afirmações são verdadeiras?
Claro, uma herança cultural comum – feita de lendas, costumes, religiosidade luterana, vocação marítima e da experiência dos rigores do clima – confere aos escandinavos certa uniformidade. Mas ela é temperada por variações locais. A verdade é que, vistos de mais perto, os nórdicos não são todos iguais. Há uma diversidade de tipos físicos, de idiomas e de hábitos culturais por trás da unidade histórica e climática. (mais…)

Ariel Palacios – Os Argentinos

Posted on Leave a commentPosted in Ciências Sociais, Economia, História

Os Argentinos – Os brasileiros acham que conhecem bem os argentinos. Afinal, nós curtimos Buenos Aires, eles desfrutam de nossas praias e uns e outros praticam a língua comum, o portunhol. Desconfiamos de que ser argentino vai além de amar tango e churrasco, mas nem imaginamos que nossa rivalidade preferencial não é recíproca: eles detestam reconhecer, mas amam os brasileiros e preferem derrotar os ingleses à nossa seleção de futebol. (mais…)

Murilo Meihy – Os Libaneses

Posted on Leave a commentPosted in Ciências Sociais, Economia, História

Os Libaneses – Um país pequeno e distante abriga um povo longe de ser desconhecido pelos brasileiros: os libaneses imigraram em peso para cá e trouxeram seus costumes e sua cultura.
Este livro, escrito pelo historiador descendente de libaneses Murilo Meihy, mostra características, discute estereótipos e traz esse povo alegre e sofrido ainda mais perto dos brasileiros. (mais…)

Florência Costa – Os Indianos

Posted on Leave a commentPosted in Ciências Sociais, Economia, História

Os Indianos – A Índia é tudo aquilo que um turista vê. Mas também o seu oposto. Os contrastes estão a cada esquina. O país é espiritual e material; pacífico e violento; rico e pobre; antigo e moderno. Cultiva a democracia, mas mantém as castas. Criou o Kama Sutra, mas veta beijos nos filmes de Bollywood. Há indianos encantadores de cobra – ainda que a atividade seja proibida – e engenheiros de software. Os indianos absorveram todas as invasões que sofreram, mas mantiveram suas tradições. Dizem que nenhuma época eliminou a anterior. (mais…)

Antônio Pedro Tota – Os Americanos

Posted on Leave a commentPosted in Ciências Sociais, Economia, História

Os Americanos – Quem são os verdadeiros americanos? Sofisticados moradores de Nova York ou jecas da “América profunda”? Intelectuais vencedores do prêmio Nobel ou truculentos senhores da guerra?
Gostemos ou não, os americanos são importantes. E muito. Todos os dias eles bombardeiam o mundo com filmes, séries de TV, hambúrgueres e Coca-Cola. Suas músicas são ouvidas em todos os continentes. Seus ícones transformaram-se em símbolos mundiais e o inglês é uma espécie de língua franca universal. (mais…)

Samy Adghirni – Os Iranianos

Posted on Leave a commentPosted in Ciências Sociais, Economia, História

Os iranianos, principalmente os da etnia persa dominante, cultivam a certeza de pertencer a uma das mais antigas e gloriosas civilizações. Alimentam com orgulho a memória de um povo que dominou boa parte do mundo graças a sucessivos impérios e cuja ciência um dia iluminou a humanidade. A grandeza iraniana compõe boa parte daquilo que Carl Jung chamava de “inconsciente coletivo”. (mais…)

Josep M. Buades – Os Espanhóis

Posted on Leave a commentPosted in Ciências Sociais, Economia, História

Os Espanhóis – Como são os espanhóis? Afáveis e simpáticos, como querem alguns, ou facilmente irritáveis, de pavio curto, como dizem outros? Como a Espanha, já considerada uma das nações mais pobres e atrasadas da Europa Ocidental, tornou-se uma das maiores economias mundiais? Como os espanhóis convivem com um movimento separatista dentro de seu próprio país? (mais…)

Peter Burke & Maria Lúcia Garcia Pallares-Burke – Os Ingleses

Posted on Leave a commentPosted in Ciências Sociais, Economia, História

Os Ingleses– Certa vez, um autor francês deu alguns conselhos a quem pretendia visitar a Inglaterra:
“Não fale muito, até ter alguma coisa interessante a dizer. Se na França é rude deixar a conversa morrer, na Inglaterra é imprudente mantê-la a qualquer custo. Nenhum inglês o culpará pelo seu silêncio.”
“Seja modesto. Um inglês dirá: ‘eu tenho uma pequena casa no campo’; mas, se visitá-lo, vai descobrir que a ‘pequena casa’ é uma mansão. (mais…)

Cláudia Trevisan – Os Chineses

Posted on Leave a commentPosted in Ciências Sociais, Economia, História

Os Chineses nos intrigam. O regime é comunista, mas a economia é capitalista. Eles ficaram enclausurados durante os quase trinta anos de governo de Mao Tsé-tung e agora viajam pelo mundo todo e são os maiores usuários de internet do planeta.
Quem são, afinal, esses 1,3 bilhão de chineses? Por que a relação do país com o Ocidente – e com os vizinhos – mudou tanto ao longo do tempo? Como esse país milenar, responsável por invenções importantíssimas para a humanidade como o papel e a bússola, pode ser acusado de copiar tecnologias estrangeiras? (mais…)

Ricardo Corrêa Coelho – Os Franceses

Posted on Leave a commentPosted in Ciências Sociais, Economia, História

Os Franceses – Terra de pães, queijos e vinhos maravilhosos, mas também de paradoxos, a França convive com imagens contraditórias a seu respeito. é verdade que os franceses fizeram a revolução da “liberdade, igualdade e fraternidade” – base da democracia moderna; sua História, contudo, registra discriminação contra diversas minorias.
A excelência dos seus perfumes parece se contrapor à ideia de que o banho não passa de um mal esporadicamente necessário. Paris é a cidade mais visitada do mundo, mas seus habitantes parecem detestar turistas. O culto à comida é quase uma idolatria nacional, a manteiga é usada por toneladas, mas os franceses não engordam, nem têm altas taxas de colesterol. (mais…)

Ana Silvia Scott – Os Portugueses

Posted on Leave a commentPosted in Ciências Sociais, Economia, História

Os Portugueses, esses desconhecidos. Desconhecidos? Sim, pois quem acredita que conhece os portugueses porque tem como vizinho o “português da padaria”, come bacalhau e doces muito açucarados e leu trechos de Camões no colégio, de fato, não os conhece. Sua cultura é sofisticada, a literatura tem nomes como Fernando Pessoa e Saramago e, pasmem, nem todos eles se chamam Manoel, Joaquim ou Maria. (mais…)