Joana Fernandes & Alexandre Herbetta (Orgs.) – Ensaios Sobre A Diferença

Joana Fernandes & Alexandre Herbetta (Orgs.) – Ensaios Sobre A Diferença: Reflexões A Partir Das Culturas E Das Identidades

A publicação de Ensaios Sobre A Diferença tem como objetivo difundir e expandir as ideias que circulam nas aulas, seminários e corredores do PPGAS – Programa de Pós-graduação em Antropologia Social da UFG – Universidade Federal de Goiás.

Ensaios Sobre A Diferença traz aqui artigos resultantes de uma reflexão realizada pelos alunos da disciplina Cultura e Identidades, oferecida em conjunto pelo PPGAS e pelo PPHIS – Programa de Pós-graduação em História, no primeiro semestre de 2013.

Essa disciplina contou com a presença de alunos de outros programas de pós-graduação da UFG, tais como os de Letras, Geografia e Artes Visuais.

Os temas da cultura e o da identidade causam muito interesse entre os alunos da pós-graduação, pois trazem elementos fundamentais para se entender fenômenos da contemporaneidade, como por exemplo, o da relação com a diferença.

Além disso, o conceito de cultura estruturou amplamente os debates antropológicos, permitindo que a partir dele se compreendesse a diversidade cultural e também se pudesse compreender as particularidades e especificidades das populações humanas; este conceito também sustentou um enorme leque de etnografias ao longo da história da antropologia.

Neste sentido, na disciplina estudamos o desenvolvimento do conceito de cultura, sua importância, abrangência e limites.

O conceito em referência foi pensado ainda em termos de sua formação e de como ele pode ser (ou não) utilizado para a compreensão dos processos contemporâneos, tanto relativos à etnicidade como aos processos sociais urbanos, através do surgimento de novas definições da diferença.

Os encontros culturais foram pensados sob o prisma das relações étnicas e sociais em um nível local e também em um nível mais abrangente, seja nacional ou internacional. Demos uma ênfase especial nas relações da cultura com a identidade e também em locais específicos, através de estudos de caso, em áreas urbanas e grupos étnicos.